Sopa de Feijão: Receita Rápida de Sopa de Feijão Passo a Passo

Saiba Como Fazer Receita Rápida de Sopa de Feijão Passo a Passo

Sopa de Feijão

O feijão são uma fonte saudável de proteínas, fibra e vitaminas e múltiplos minerais. O feijão é livre de gordura saturada e fornece antioxidantes que podem ajudar a combater doenças no corpo.

É importante lembrar que ao escolher uma receita de sopa de feijão, sempre observe a composição nutricional dos ingredientes para escolher a melhor opção disponível.

O feijão tem alto valor nutritivo e contribui para a sensação de saciedade, ajudando no processo de emagrecimento.

Sopa de Feijão Receita Rápida de Sopa de Feijão Passo a Passo

>> Recomendamos para Você:

 

(VÍDEO) Sopa de Feijão com Legumes

 

(VÍDEO) Receita de Sopa de Feijão com Macarrão

 

(VÍDEO) Feijão Branco – Emagrece e Controla o Diabetes

Feijão emagrece?

O Feijão é um alimento pouco calórico, mais o que faz dele realmente emagrecedor é sua capacidade de saciar a fome com isso comemos menos e ficamos bem nutridas.

Uma concha generosa de Feijão tem apenas 95 calorias, para você ter uma ideal um Pão Francês tem mais calorias que o feijão.

 

Quantas calorias tem o Feijão?

100 gramas de Feijão tem em média 69 calorias.

 

Deixe sua Sopa de feijão muito mais saudável:

Se você está seguindo uma receita de sopa de feijão e quer que ela fique muita mais saudável, é possível fazendo algumas substituições de ingredientes.

Se a receita pede carne, use frango ou peru em vez de carne de vaca ou de porco.

Não adicione óleo, substitua por uma pequena quantidade de azeite de oliva. Se você estiver usando feijões enlatados, não adicione sal extra, porque produtos enlatados, muitas vezes têm de sódio adicionado a eles.

Substitua temperos industrializados por ervas para dar sabor à sua sopa de feijão isso reduzira as calorias e diminuirá o sódio, principal responsável pela redenção de liquido em nosso corpo.

 

 

Confira alguns dos benefícios que o Feijão pode trazer para sua saúde:

 

Gordura

A Sopa de Feijão em geral contém muito pouca gordura por porção, em média uma concha de sopa tem 230 calorias, e apenas 1g de gordura por xícara que equivale a 9 calorias mais nenhuma das calorias é de gordura saturada.

A gordura saturada aumenta o risco de ataque vascular cerebral, aumentando os seus níveis de LDL ou colesterol “ruim”.

A maior parte da gordura do feijão é do tipo poli-insaturado. Essas gorduras, quando usados no lugar de gorduras saturadas e trans pode reduzir seus níveis de colesterol.

 

Fibra

Feijão é rica fonte de fibra solúvel e insolúvel. A fibra insolúvel ajuda a evitar ou aliviar a prisão de ventre, câncer de cólon e outros problemas gastrointestinais, enquanto a fibra solúvel ajuda a reduz os níveis de colesterol LDL, sem afetar os níveis de HDL, ou “bom” colesterol.

 

Proteína

O feijão contém altos níveis de proteína. Os blocos de construção das proteínas consistem de aminoácidos.

Você precisa realmente comer nove aminoácidos específicos, conhecidos como aminoácidos essenciais, porque seu corpo não pode produzir.

Uma xícara de sopa contém cerca de 15g a 30g de proteína, cerca de metade da ingestão diária recomendada para uma pessoa adulta.

 

Anemia

Feijão é fonte de ferro, isso evita o risco da anemia, principalmente a ferropênica.

Evite misturar leite e laticínios em geral com feijão. Eles contêm cálcio, que atrapalham a absorção de ferro.

 

Colesterol

Suas fibras, além de regularem o intestino, auxiliam na diminuição do risco de doenças cardiovasculares, diabetes e colesterol alto.

 

Câncer

Possui várias substâncias antioxidantes (como vitaminas e minerais), importantes para reduzir a incidência da doença.

 

>> Confira abaixo algumas receitas de Sopa de Feijão:

 

Sopa de feijão com bacon

Ingredientes:

  • 3 colheres (sopa) de bacon picado;
  • 3 xícaras (chá) de feijão cozido e temperado (pode usar sobra de feijão);
  • 4 xícaras (chá) de água;
  • 2 tomates picados com pele e sementes;
  • 1 batata média cortada em cubos;
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto;
  • 3 colheres (sopa) de cheiro-verde picado.

 

Modo de preparo

  • Em uma panela, frite o bacon na própria gordura e reserve;
  • Bata o feijão com a água e os tomates no liquidificador, coloque na panela com o bacon, adicione a batata e cozinhe por 15 minutos ou até a batata ficar macia;
  • Se a sopa ficar muito grossa, acrescente mais água;
  • Salpique com sal, pimenta e o cheiro-verde e sirva;
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto.

 

Sopa de feijão com Macarrão

Ingredientes:

  • 1 xícara (chá) de feijão;
  • 2,3 litros de água;
  • 3 dentes de alho;
  • 1 colher (sopa) de azeite;
  • 2 cebolas picadas;
  • 1 colher (sopa) de sal;
  • 1 pimenta dedo-de-moça picada;
  • 1 xícara (chá) de macarrão para sopa;
  • 2 colheres (sopa) de salsinha picada.

 

Modo de preparo

  • Em uma panela de pressão, cozinhe o feijão com 3 xícaras da água por 20 minutos, após a panela começar apitar;
  • Em uma panela grande, refogue o alho no azeite até dourar, acrescente a cebola e espere que ela murche (cerca de 8 minutos);
  • Retire o feijão da panela de pressão e passe metade pela peneira;
  • Coloque o feijão passado na peneira e os feijões inteiros no refogado, acrescente o sal e a pimenta;
  • Deixe cozinhar por 5 minutos;
  • Em uma panela grande deixe ferver os 2 litros de água, acrescente o macarrão e cozinhe até estar al dente ou pelo tempo indicado na embalagem;
  • Escorra e junte no caldo de feijão;
  • Sirva quente polvilhado com salsinha.

 

Sopa de feijão com Batata

Ingredientes:

  • 3 xícaras (chá) de feijão cozido;
  • 1 tomate picado;
  • 1 cenoura cozida e picada;
  • 3 cubos de caldo de carne;
  • 1 litro de água;
  • 3 dentes de alho picados;
  • 1 cebola picada;
  • 1/2 xícara (chá) de azeite;
  • 1 talo de salsão picado;
  • 2 batatas picadas;
  • 1 xícara (chá) de linguiça defumada em cubos;
  • 1 litro de água fervente;
  • 1 xícara (chá) de macarrão próprio para sopa;
  • 50g de queijo parmesão ralado para polvilhar.

 

Modo de preparo

  • No liquidificador, bata o feijão, o tomate, a cenoura, os cubos de caldo de carne e a água. Peneire essa mistura e reserve;
  • Em uma panela, frite o alho e a cebola no azeite por 5 minutos ou até dourar levemente;
  • Adicione à mistura reservada. Acrescente o salsão, a batata, a linguiça e a água;
  • Tampe parcialmente a panela e cozinhe, mexendo de vez em quando, por 20 minutos. Acrescente o macarrão, mexa bem e cozinhe por mais 5 minutos, mexendo de vez em quando ou até o
  • macarrão ficar al dente;
  • Desligue o fogo e deixe descansar por 10 minutos;
  • Polvilhe com o parmesão e sirva.

 

 

Sopa de feijão branco light

Ingredientes:

  • 250 g de feijão branco;
  • 1 cebola grande picada;
  • 1 dente de alho espremido;
  • 1 bulbo de aipo picado;
  • 1 cenoura cortada em rodelas;
  • 4 tomates pelados em pedaços;
  • Suco de 1/2 limão;
  • 1 folha de louro;
  • 2 colheres (sopa) de salsa picada;
  • Sal, pimenta e raspas da casca de limão a gosto.

 

Modo de preparo

  • Cubra o feijão com água e deixe de molho por 1 noite;
  • Leve-o ao fogo na panela de pressão junto com os outros ingredientes, menos a salsa;
  • Deixe cozinhar por 30 minutos ou até o feijão ficar macio;
  • Tire a folha de louro e espere engrossar o caldo em fogo baixo, com a panela destampada;
  • Salpique a salsa e sirva quente.

 

Caldo de feijão e calabresa

Ingredientes:

  • 1kg de feijão-preto ou vermelho;
  • 1 folha de louro;
  • 2 colheres (sopa) de óleo;
  • 1 cebola grande picada;
  • 2 dentes de alho picados;
  • 2 linguiças calabresas sem pele em cubos;
  • 1 pimentão vermelho em cubos;
  • Sal, pimenta-do-reino, cominho e cheiro-verde picado a gosto.

 

Modo de preparo

  • Coloque o feijão em uma panela de pressão, cubra com água, coloque o louro, tampe e deixe cozinhar por 30 minutos depois que pegar pressão;
  • Tire a pressão e reserve;
  • Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola, o alho, a linguiça e o pimentão até dourar;
  • Bata o feijão no liquidificador até ficar homogêneo e despeje no refogado;
  • Tempere com sal, pimenta e cominho a gosto;
  • Cozinhe por 15 minutos em fogo baixo e acrescente mais água se necessário;
  • Polvilhe o cheiro-verde e sirva.

Por que Colocar o Feijão no Menu?

Eles são alimentos econômicos.

Eles são convenientes porque, você pode comer menos e ficar saciado.

Eles oferecem várias vantagens assim como à carne, um alto teor de ferro, mas sem as desvantagens da gordura.

Suas fibras regularizam o trânsito intestinal, a taxa de colesterol e os níveis de açúcar no sangue.

 

Perfil de saúde

Existem inúmeras variedades de feijão, por exempl:, Feijão Branco, Feijão Carioca, Feijão Preto, Etc.

Do ponto de vista botânico, a palavra “feijão” se aplica leguminosas do gênero

Vicia, incluindo favas. O feijão faz parte da dieta tradicional de muitos povos ao redor do mundo.

O Canadá produz muitas variedades: ela também se tornou, em 2004, o terceiro maior exportador de grãos secos do mundo.

Além de ser uma importante fonte de proteína vegetal e de fibras dietética, estes legumes estão cheias de minerais e vitaminas.

 

Ingredientes ativos e propriedades

Estudos têm relacionado o consumo regular a vários benefícios, tais como um melhor controle da diabete, diminuição do risco de doenças cardiovascular e o

 

Câncer colorretal.

Recomenda-se, substitui muitas vezes a carne por leguminosas. Além disso, o Instituto Americano de Pesquisa do Câncer, uma organização que trabalha para prevenir o câncer, recomenda a população consumir alimentos vegetais, incluindo uma variedade de legumes e frutas, leguminosas e produtos de grãos minimamente processados.

O consumo dessas leguminosas proporciona vários benefícios para a saúde.

Por exemplo, um estudo em seres humanos tem mostrado que o consumo de feijão tem melhorado alguns parâmetros associados com doenças cardiovasculares.

Outro estudo foi realizado com um grupo com cerca de 2.000 pessoas que já sofriam de tumores no intestino grosso.

Os pesquisadores descobriram que entre aqueles indivíduos que aumentaram o consumo de feijão durante o estudo tiveram 65% menos reincidências de tumores de nível avançado, em comparação com aqueles com menor consumo desta leguminosa.

Antioxidantes: Os antioxidantes são compostos que protegem as células do organismo contra danos causados por radicais livres.

Estas são moléculas altamente reativas que estão relacionadas no desenvolvimento da doença cardiovascular, certos cânceres e outras doenças relacionadas com o envelhecimento.

O conteúdo de antioxidantes do feijão é diferente de acordo com a variedade.

Alguns são distinguidos pelo seu alto conteúdo, incluindo feijão vermelho e feijão preto.

Em animais, o consumo de feijão preto, bem como os seus compostos antioxidantes estudados in vitro, também demonstraram um efeito protetor contra alguns tipos de câncer.

Estes resultados devem, no entanto ser confirmada em seres humanos.

Catequinas: Os dados não estão disponíveis para todas as variedades de feijão, mas certamente o feijão carioca contém uma quantidade significativa de catequinas, compostos antioxidantes.

Pesquisas em outros alimentos indicam que uma elevada ingestão de catequinas pode ser associada com efeitos benéficos em humanos, tais como uma diminuição da concentração no sangue e a oxidação do colesterol LDL (mau colesterol) e um menor risco de morte cardiovascular.

No entanto, mais estudos são necessários para verificar o efeito específico de catequinas do consumo humano de feijão.

Antocianinas: Alguns feijões escuros (como vermelho e preto) contêm antocianinas, outra classe de antioxidantes, que podem contribuir para os benefícios potenciais do feijão na prevenção de certos tipos de câncer.

O efeito das antocianinas no feijão não foi especificamente avaliado em humanos.

Saponinas: Feijões secos contêm saponinas, compostos naturalmente presentes em muitas plantas, que têm atividade antioxidante.

Na literatura científica, é atribuída a capacidade das saponinas de reduzir o colesterol no sangue em seres humanos.

Os estudos in vitro e em animais sugerem que eles também contribuem para a proteção contra certos tipos de câncer. Estes resultados permanecem preliminares, e devem ser avaliados em seres humanos.

Fitoesteróis: Várias leguminosas contêm uma quantidade apreciável de fitoesteróis. Estes compostos, que têm uma estrutura semelhante à do colesterol, têm-se revelado benéficas para a saúde cardiovascular.

Feijão branco, por exemplo, contém mais de 100 mg por porção de 125 ml (1/2 xícara).

Uma meta-análise de 41 ensaios clínicos descobriu que tomar 2g por dia de fitoesteróis reduz pelo menos 10% do colesterol LDL (mau colesterol). Esta redução pode chegar a 20% em contexto de uma dieta baixa em gordura saturada e colesterol.

Esta quantidade de 2 g por dia é quase impossível de alcançar apenas através de dieta. O ministério da saúde do Canadá não permite a comercialização de alimentos eniquecidos com fitoesteróis como fazem os Estados Unidos e a França.

No entanto, fitoesteróis presentes naturalmente nos alimentos tais como feijões, permanecem atraentes para a saúde cardiovascular.

Fibra dietética: O feijão é uma alta fonte de fibras: as suas diversas variedades contêm mais de 6g por porção de 125 ml (1/2 xícara).

A fibra dietética, é encontrada apenas em plantas, incluem um conjunto de substâncias que não são digeridos pelo corpo.

Uma dieta rica em fibra está associada com um risco menor de câncer de colo. E também resulta em um efeito saciante mais importante do que a dieta pobre em fibras.

O Feijão contém dois tipos principais de fibra (solúvel e insolúvel), que têm vários efeitos benéficos no corpo.

A fibra insolúvel é atribuída à capacidade de impedir a prisão de ventre. A fibra solúvel, por sua vez, pode contribuir para prevenção doenças cardiovascular, em particular, diminuindo a absorção de ácidos biliares.

Eles também podem ajudar a controlar o tipo 2grâce de diabetes, entre outros, retardando alimentos glicose digestão.

Recomenda-se consumir 25 gramas de fibra por dia para mulheres com idade entre 19 a 50 anos, e 38 g por dia para os homens na mesma faixa etária.

Flora bacteriana intestinal: Alguns grãos de hidratos de carbono, tais como oligossacáridos e o amido resistente, têm efeitos benéficos sobre a saúde intestinal.

O oligossacáridos são hidratos de carbono que causam flatulência entre as pessoas pouco acostumados a comer legumes.

O amido resistente, como Alui, constitui uma parte do total de amido de feijão cozido: Do mesmo modo como as fibras dietéticas, que pode resistir à digestão e, assim, evitar ser inteiramente absorvida pelo intestino delgado.

Em feijão branco, por exemplo, seria cerca de 17% do total de amido.

Oligossacáridos e amido resistente são fermentados no intestino grosso. Estes compostos têm a vantagem de promover o crescimento de bactérias intestinais benéficas e limitar bacéias prejudiciais.

 

(VÍDEO) Sopa de Feijão – Cozinha pra 1

 

Outras Propriedades

 

Feijão é antioxidante ?

Feijão em lata: um pouco com o índice TAC 241 micromol por porção de 99 g.

Feijão branco: moderado, com um índice TAC de 816 micromol por porção de 33 g *.

Feijão preto e feijão vermelho: muito fortemente, com um índice TAC de 2,492 micromol por porção de 31 g * e 4324 micromol por porção de 30 g *, respectivamente.

 

O feijão é acidificante?

Dados não disponíveis

O Feijão ele tem uma alta carga glicêmica?

Um pouco. A carga glicêmica de 125 ml (1/2 xícara) de feijão cozido é de 3 (feijão preto), 4 (feijão vermelho), 6 (feijão-de-lima) e 7 (feijão branco), respectivamente.

* Quantidade necessária de grãos para produzir 125 ml (1/2 xícara) quando cozido.

 

Os nutrientes mais importantes

Ferro: feijões brancos, feijão-de-lima e vermelho são excelentes fontes de ferro para homens, as necessidades das mulheres são um pouco mais elevadas.

Feijão branco e feijão vermelho, no entanto, são boas fontes de ferro para as mulheres.

O feijão preto é uma boa fonte para os seres humanos. Finalmente, feijão-de-lima e feijão preto é uma fonte de ferro para as mulheres.

Cada célula do corpo contém ferro. Sal mineral é essencial para o transporte de oxigénio e a formação de células vermelhas do sangue.

Também desempenha um papel na produção de novas células, hormonas e neurotransmissores (mensageiros do impulso nervoso).

Por favor, note que o ferro em alimentos vegetais é menos absorvido pelo organismo do que o ferro dos alimentos de origem animal.

A absorção de planta de ferro é, no entanto preferido quando consumido certos nutrientes, tais como vitamina C.

Manganês: o feijão branco é uma excelente fonte de manganês. O feijão-de-lima é uma excelente fonte para as mulheres e uma boa fonte para os homens, as necessidades masculinas são mais elevadas.

Quanto ao feijão preto e feijão vermelho, eles são boas fontes de manganês. Manganês atua como cofator de várias enzimas que facilitam uma dúzia de processos metabólicos diferentes.

Ela também ajuda a evitar danos causados pelos radicais livres.

Cobre: Feijão branco, lima e vermelho são excelentes fontes de cobre. Por seu lado, o feijão preto é boa fonte.

Como um componente de várias enzimas, o cobre é necessário para a formação do corpo de hemoglobina e colágeno, uma proteína utilizada na estrutura e tecido de reparação.

Várias enzimas contendo cobre também contribuem para a defesa do organismo contra os radicais livres.

Folato: O feijão preto e feijão são excelentes fontes de ácido fólico. Feijão branco é uma boa fonte, enquanto o feijão Lima é uma fonte.

O folato (vitamina B9) é envolvido no fabrico de todas as células do corpo, incluindo as células vermelhas do sangue.

Esta vitamina desempenha um papel essencial na produção de material genético (ADN, ARN), no funcionamento do sistema nervoso e sistema imunitário, bem como na cicatrização de feridas e úlceras.

Dado que é necessário para a produção de novas células, uma ingestão adequada é essencial durante períodos de crescimento e desenvolvimento do feto.

Fósforo: Os feijões são boas fontes de fósforo. O fósforo é o segundo mineral mais abundante no corpo depois de cálcio.

Ela desempenha um papel vital na formação e manutenção de ossos e dentes saudáveis. Além disso, ele participa, entre outros, o crescimento e a regeneração de tecidos e ajuda a manter o PH normal do sangue.

Finalmente, o fósforo é um dos constituintes de membranas celulares.

Magnésio: O feijão preto é uma boa fonte de magnésio. Feijão branco é uma boa fonte para as mulheres e uma fonte para os homens, as necessidades masculinas são mais elevadas.

Finalmente, feijão-de-lima e feijão vermelho são fontes de magnésio. Este mineral está envolvido no desenvolvimento ósseo, a construção de proteínas, a ação da enzima, o músculo está puxando para a saúde dental e funcionamento do sistema imunitário.

Também desempenha um papel no metabolismo de energia e na transmissão dos impulsos nervosos.

O zinco. Os feijões brancos são uma boa fonte de zinco para as mulheres e uma fonte para os homens, as necessidades humanas são mais elevadas.

Feijão, preto e vermelho são fontes. O zinco participa incluindo reações imunes, fabricação de material genético, para provar a percepção, em cicatrização de feridas e no desenvolvimento do feto.

Ele também interage com os hormônios sexuais e da tiroide. No pâncreas, ele está envolvido na fabricação, a reserva e liberação de insulina.

Vitamina B1: Feijão preto é uma boa fonte de vitamina B1, enquanto feijão vermelho, branco e Lima são fontes.

Também conhecida como a tiamina, à vitamina B1 é parte de uma coenzima necessária para a produção de energia a partir de hidratos de carbono, principalmente, que comem.

Ele também participa da-transmissão dos impulsos nervosos e promove o crescimento normal.

Cálcio: O do feijão branco é uma fonte de cálcio. O cálcio é, de longe, o mineral mais abundante no corpo. É principalmente armazenado nos ossos, que ele faz parte.

Ele contribui para a formação de ossos e dentes, e para manter a sua saúde.

O cálcio também desempenha um papel vital na coagulação do sangue, a manutenção da pressão sanguínea e contracção muscular, incluindo o coração.

Potássio: Feijões são fontes de potássio. No corpo, que é usado para equilibrar o pH do sangue e estimulam a produção de ácido clorídrico pelo estômago, favorecendo a digestão.

Além disso, facilita a contração dos músculos, incluindo o coração, e está envolvido na transmissão dos impulsos nervosos.

Selênio: Lima feijão é uma fonte de selênio. Este mineral funciona com uma das principais enzimas antioxidantes, impedindo assim a formação de radicais livres no corpo.

Ela também ajuda a converter o hormônio da tireoide em sua forma ativa.

Vitamina B2: feijão de Lima é uma fonte de vitamina B2 apenas para a mulher, as necessidades dos homens são mais elevadas.

A vitamina B2 é também conhecida como riboflavina. Tudo como vitamina B1, que desempenha um papel no metabolismo de energia de todas as células.

Além disso, contribui para o crescimento e reparação de tecidos, a produção de hormônios e formação de glóbulos vermelhos.

Ácido pantotênico: Feijão Lima é uma fonte de ácido pantotênico. Também chamado de vitamina B5, ácido pantotênico é parte de uma coenzima chave que nos permite usar adequadamente a energia do alimento que consumimos.

Ele também participou de várias etapas da produção de hormônios esteroides, neurotransmissores (mensageiros do impulso nervoso) e hemoglobina.

Vitamina B6: Feijão branco, lima e vermelho são fontes de vitamina B6.

Também conhecida como piridoxina, à vitamina B6 é parte de coenzima envolvida no metabolismo de proteínas e ácidos gordos e a produção de neurotransmissores (mensageiros do impulso nervoso).

Contribui também para a produção de células vermelhas do sangue e permite que o transporte de mais oxigénio.

Piridoxina também é necessário para a transformação do glicogénio em glicose e contribui para o bom funcionamento do sistema imunitário.

Finalmente, esta vitamina desempenha um papel na formação de certos componentes de células nervosas.

Vitamina E: feijão branco e feijão vermelho são as principais fontes de vitamina E.

Antioxidante, a vitamina E protege a membrana que envolve as células do corpo, especialmente os glóbulos vermelhos e brancos (células do sistema imunológico).

 

O que é uma “porção” feijão?

 

 

Peso / volume

Feijão vermelho, cozido, 125 ml (94 g). Feijão branco, cozido, 125 ml (95 g). Feijão preto, cozido, 125 ml (91 g). Feijão-de-lima, seco, grande, cozido, 125 ml (99 g)
Calorias 119 131 120 114
Proteína 8,1 g 9,2 g 8,1 g 7,8 g
Hidratos de carbono 21,3 g 23,7 g 21,6 g 20,7 g
Lipídios 0,5 g 0,3 g 0,5 g 0,4 g
Fibra alimentar 6,2 g 6,5 g 6,3 g 7,0 g

 

fonte: Health Canada.  Arquivo canadense sobre nutriente , De 2005.

 

As Proteínas Complementares: não é tão Complicado!

As leguminosas são parte de alimentos vegetais que contêm mais proteínas.

Ao contrário de proteína animal, leguminosas geralmente são pobres em metionina (um aminoácido essencial no corpo), fazendo com que as suas proteínas incompletas.

No entanto, é possível que as pessoas que comem pouca ou nenhuma proteína animal combinam legumes com grãos ou nozes.

Obtêm-se então as proteínas completas (que contêm todos os aminoácidos essenciais).

Em adultos, não é necessário procurar a complementaridade na mesma refeição, devido o facto de ficar no mesmo dia é normalmente suficiente.

Por contras, em crianças, adolescentes e mulheres grávidas, é melhor para atingir as proteínas complementares na mesma refeição.

 

Compostos tanto nocivos e benéficos em legumes…

Leguminosas contêm fitoquímicos, tais como saponinas e determinados flavonóides.

Estes compostos podem reduzir a biodisponibilidade de certos nutrientes. No entanto, os pesquisadores concordam que, num contexto norte-americano, onde há abundância e diversidade de alimentos e onde a deficiência nutricional é raro, esse efeito tem pouco impacto sobre a saúde.

Nos últimos anos, a pesquisa ainda associar o consumo destes compostos para certos benefícios: flavonóides e as saponinas têm uma atividade antioxidante, as saponinas ajudam a baixar o colesterol no sangue.

ATUALIZADO: 02.08.16

 

medico emagecer mulher

> Receitas Light para seu Dia a Dia:

Recomendados para você:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *