fbpx
Saúde

HEPATITE A: Tipos, Diagnóstico e Principais Tratamentos

 

 

É conhecido como o hepatite tipo A ou HAV e está presente nas fezes de pessoas infectadas e é mais frequentemente transmitido através do consumo de água ou alimentos contaminados.

Certas práticas de sexo também podem espalhar HAV.

As infecções são em muitos casos suaves, com a maioria das pessoas fazem uma recuperação completa e permanecendo imune a novas infecções de HAV.

No entanto, infecções HAV também podem ser graves e fatais.

A maioria das pessoas em áreas do mundo com falta de saneamento foram infectados com este vírus.

Vacinas seguras e eficazes estão disponíveis para evitar HAV.

Hepatite transmissão, também conhecido como icterícia é uma condição provocada pela inflamação do fígado.

Embora existam várias causas para isso, à hepatite é mais comumente causada por uma infecção viral.

Quando esta infecção do fígado é causada pelo vírus da hepatite A (HAV), a doença é denominada hepatite A – uma condição, de acordo com a estimativa do WHO, onde existem aproximadamente 1,4 milhões de casos de hepatite A cada ano em todo o mundo.

Então o que ela faz? Quais são seus sintomas e como é tratada? Bem, aqui estão todas as respostas a essas perguntas.

 

→ PRINCIPAIS DICAS FINAL DO ARTIGO

dieta.blog.br-hepatite-tipos-diagnostico-e-principais-tratamentos-2016

 

>> Recomendamos para Você:

 

Quer ver depoimentos e dicas sobre Hepatite

Deixe seu comentário no vídeo abaixo!

Trabalhamos com amor e dentro do possível seu comentário será respondido!

Este conteúdo não substitui uma consulta medica!

#dietablogbr

 

(VÍDEO) → Como Saber Se Estou com Hepatite?

 

FAZ COM QUE

Falta de água potável e falta de saneamento são os principais fatores predisponentes da hepatite A transmissão.

O vírus se espalha pela rota oral e é transmitido através de alimentos e água contaminados com fezes infectadas ou por alimentos preparados por uma pessoa infectada. Mariscos cozidos insuficientemente é outra fonte comum.

Também podem ser adquirido através de contato pessoal com um indivíduo infectado ou através de certas práticas de sexo seguro.

Menos comumente, a água contaminada com esgoto pode causar epidemias de origem hídrica da doença.

Uma vez ingerido, o vírus entra no sangue através do revestimento interno do intestino e atinge o fígado onde se multiplica.

Em seguida, é secretada para a bile e liberado nas fezes.

O período de incubação, ou seja, o tempo entre o primeiro contato com o vírus e o desenvolvimento dos sintomas é geralmente 14 – 28 dias e é o período mais infeccioso da doença.

 

SINTOMAS

Infecção pelo VHA é geralmente leve e pacientes podem se recuperar totalmente.

Os sintomas geralmente aparecem após o período de incubação (14-28 dias).

Maioria das crianças geralmente não apresentam quaisquer sintomas.

Crianças mais velhas e adultas podem começar a mostrar sintomas como febre, cansaço, mal-estar, náuseas, perda de apetite, desconforto abdominal, diarreia, urina amarela escura e fezes de cor-de-barro para cerca de uma semana após o período de incubação (fase prodrômica ou pre-ictéricas).

No prazo de 10 dias os sintomas iniciais, icterícia (amarelamento da pele e branco dos olhos) desenvolve (fases ictéricas).

Daí em diante, a febre geralmente diminui.

Mas as fezes podem permanecer infecciosas por duas semanas ou mais.

Outros sintomas podem durar um mês ou dois com resolução lenta da doença e recuperação completa (período de convalescença).

Raramente, infecções HAV podem causar insuficiência hepática aguda, que pode ser potencialmente grave, bem como a ameaça à vida.

 

DIAGNÓSTICO

Infecção de hepatite A pode ser diagnosticada por exame de sangue.

O teste detecta anticorpos IgM e IgG para HAV no sangue.

A presença de anticorpos IgM indica fase aguda da doença.

Teste de função hepática pode detectar níveis elevados de transaminase de alanina a enzima hepática.

O vírus e/ou antígeno também pode ser detectado nas fezes.

 

TRATAMENTO

A infecção não tem qualquer tratamento específico. Os sintomas podem ser aliviados com repouso e medicamentos.

Mantenha-se hidratado. Ter uma dieta bem equilibrada. Evite álcool e alimentos gordurosos.

Também é aconselhável consultar um médico antes de tomar medicamentos que são tóxicos para o fígado.

Insuficiência hepática aguda pode necessitar de transplante hepático.

 

PROGNÓSTICO

A hepatite A é autolimitada e a maioria das pessoas recuperam-se dentro de 2 a 3 meses.

A infecção geralmente resolve completamente em quase todos os pacientes, dentro de 6 meses.

Mas em algumas pessoas (cerca de 3-20%), pode haver uma recaída 4 a 15 semanas após a recuperação inicial.

Recaída é geralmente mais suave do que a primeira infecção.

O risco de insuficiência hepática aguda é maior em idosos e em indivíduos com doença hepática crônica.

 

REMÉDIOS CASEIROS

Aqui estão alguns dos remédios caseiros comumente usados para tratar a icterícia:

• Nim
• Amla e limão
• Arjuna
• Guduchi
Cúrcuma
• Tomate
• Suco de folhas de rabanete

 

PREVENÇÃO

A doença pode ser prevenida através da boa higiene, como lavar as mãos após usar o banheiro e antes de comer refeições, melhorar o saneamento e esgoto, segurança alimentar, corretamente, cozinhar alimentos e imunização.

Cloração da água pode evitar epidemias de origem hídrica.

Uma infecção com hepatite A contagiosa fornece imunidade vitalícia para a doença.

Se já não estiver infectado, a vacina contra hepatite A pode dar proteção contra o vírus.

É uma vacina opcional. Duas doses são dadas pelo menos com seis meses de intervalo.

A primeira dose é dada quando a criança está acima de 12 meses de idade.

ATUALIZADO: 29.03.18

 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ »
→ Kiwi
→ Vinagre de Maça
→ Dieta
→ Dieta da Agua
→ Dieta para Emagrecer
→ Semolina
→ Batata Doce
→ Xanax
→ Dieta Cetogenica
→ Intoxicação Alimentar
→ Cha Verde
→ Remedio para Emagrecer