Guia Completo e Atualizado Alimentos para quem tem Pressão Alta

Tudo sobre Alimentos para quem tem Pressão Alta

Alimentosparaquemtempressaoalta

As doenças cardiovasculares são causadoras do maior número de mortes no país, e em mais da metade dos casos é decorrente da pressão alta. De acordo com dados da Sociedade Brasileira de Hipertensão, a pressão arterial elevada ataca 30% da população adulta no Brasil, e atinge mais de 50% dos indivíduos da terceira idade.

A hipertensão não tem cura, mas há controle e também pode ser evitada com mudanças de hábito. Com inclusão apenas de alguns alimentos na dieta, a prevenção e controle se desenvolvem naturalmente pelo organismo.

>> Recomendamos para Você:

Nutricionista dá dicas de alimentos para a redução da pressão

Alimentos para pressão alta

A aveia é parte do grupo dos carboidratos, excelente fonte de fibras, minerais e vitaminas. A mesma ajuda no processo do emagrecimento, pois retarda o esvaziamento gástrico, prolongando a saciedade.

A aveia contribui para controlar a glicose sanguínea, e é importante ferramenta para hipertensos; contém magnésio, que unido com cálcio, auxilia para relaxamento da musculatura, com menos inchaço do corpo.

A noz e amêndoa são muito recomendadas, boas fontes de magnésio, agem como vasodilatadores, ampliadoras dos vasos sanguíneos, contribuindo para controlar a pressão arterial.

Os dois itens são ricos em vitamina E, antioxidante natural para retardo do envelhecimento e complicações cardíacas.

Os alimentos ricos em ômega-3 como salmão, atum, sardinha, azeite e linhaça são muito indicados. E os ácidos graxos ômega 3 devem ser ingeridos por indivíduos com hipertensão em dose superior ao valor diário recomendado no geral.

De acordo com estudos, a ingestão da substância é relacionada com redução da vasoconstrição e aumento da vasodilatação. Ou seja, o ômega 3 dificulta a síntese causadora da contração dos vasos sanguíneos e facilita síntese para promoção da abertura.

As ervas são recomendações para acrescentar ao cardápio, com cebolinha, coentro, salsa, alecrim, louro, manjericão e tomilho, temperos naturais importantes. Os mesmos podem substituir a utilização do sal. Com a redução do sal, há redução da ingestão do sódio, vilão dos hipertensos.

O sódio favorece o processo de reter líquidos, com aumento da pressão arterial e maior risco para doenças renais e cardiovasculares.

O alho é ótima fonte de vitamina C, com alto poder antioxidante e ação para reduzir os radicais livres, causadores do envelhecimento precoce, doenças cardíacas e câncer.

E a combinação dos elementos no alho, como magnésio, contribui para dilatação dos vasos sanguíneos, com diminuição da pressão e facilidade para circulação do sangue.

Os cereais integrais são indicados para consumo, com redução da chance para diabetes, prevenção do câncer, e auxílio para manter o peso, com combate da hipertensão. O farelo de aveia e gérmen de trigo são exemplos.

Nestes alimentos há concentração de magnésio, para estímulo da dilatação dos vasos sanguíneos, com diminuição do inchaço típicos da retenção dos líquidos.

Os alimentos ricos em potássio são também interessantes. Ao contrário do sódio, o potássio atua como natriurético, com estímulo para eliminação do sódio no corpo.

Os alimentos ricos em potássio são muito indicados para hipertensos, sendo exemplos feijão preto, inhame, cenoura, espinafre, abóbora, laranja, banana e maracujá.

Mais uma recomendação é por leite e derivados que são importantes fontes de cálcio. O cálcio atua como hipotensor, com redução da pressão sanguínea, estimulando a eliminação do sódio.

A vantagem é que porções pequenas contêm grande concentração do mineral. A preferência deve ser por versões desnatadas e com baixo teor de gordura, como queijo branco.

O QUE EVITAR

Alguns alimentos devem ser evitados como Sal, por exemplo, faz com que rins retenha mais água. Levando mais água aumenta o nível de pressão arterial. café também é uma má ideia, já que aumenta a pressão arterial.

A cafeína no café é usada pelo corpo para bloquear o hormônio responsável por manter as artérias alargadas. A cafeína também solicita a liberação de mais adrenalina.

 

anel-magnetico

Recomendados para você:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *