Gota: Tem Cura? Diagnosticos, Sintomas e Tratamentos

Tudo sobre Gota seus Sintomas e Tratamentos

Gota

TUDO SOBRE GOTA SINAIS E SINTOMAS

A gota é caracterizada por bruscos ataques severos de dor, vermelhidão e sensibilidade nas articulações, muitas vezes, a articulação na base do dedão do pé. Gota – uma forma complexa de artrite – pode afetar qualquer pessoa.

Os homens são mais propensos a obter a gota, mas as mulheres se tornam cada vez mais suscetíveis à gota após a menopausa.

Um ataque agudo de gota pode acordá-lo no meio da noite com a sensação de que seu dedão do pé está pegando fogo. Felizmente, a gota é tratável, e há maneiras de reduzir o risco de que a gota se repita.

>> Recomendamos para Você:

Gota – Como a alimentação pode te ajudar – Assista ao vídeo abaixo:

Gota – Sintomas e Tratamentos – Assista ao vídeo abaixo:

> SINTOMAS

Os sinais e sintomas da gota são quase sempre agudos, que ocorre de repente – muitas vezes durante a noite – e sem aviso. Eles incluem:

– Dor articular intensa. Gota geralmente afeta a grande articulação do dedão do pé, mas pode ocorrer em seus pés, tornozelos, joelhos, mãos e pulsos. A dor é provável que seja mais grave durante as primeiras 12 a 24 horas após o início.

– Desconforto persistente. Após o desaparecimento da dor mais grave, algum desconforto articular pode durar de alguns dias a algumas semanas. Ataques posteriores tendem há durar mais tempo e afetam mais articulações.

– A inflamação e vermelhidão. As articulações ficam inchadas, e vermelhas.

Se sentir dor súbita e intensa em uma articulação, contate o seu médico. A gota se não tratada pode levar à piora da dor e lesões articulares. Procurar assistência médica imediatamente se você tem uma febre e uma articulação quente e inflamada, o que pode ser um sinal de infecção.

> CAUSAS

A gota ocorre quando cristais de urato se acumulam em seu conjunto, fazendo com que a inflamação cause dor intensa. Cristais de urato podem se formar quando você tem níveis elevados de ácido úrico no sangue.

Seu corpo produz ácido úrico, quando decompõe as purinas – substâncias que são encontradas naturalmente no seu corpo e também em certos alimentos, como carnes de órgãos, anchovas, arenque, espargos e cogumelos.

Normalmente, o ácido úrico se dissolve no sangue e passa através dos seus rins em sua urina. Mas às vezes o seu corpo produz excesso de ácido úrico ou seus rins excretam pouco ácido úrico.

Quando isso acontece, o ácido úrico pode acumular-se, formando afiados cristais de urato de agulha em um tecido comum ou ao redor que causam dor, inflamação e inchaço.

 

> COMPLICAÇÕES

Pessoas com gota podem desenvolver condições mais severas, tais como:

– Gota recorrente. Algumas pessoas nunca podem experimentar os sinais e sintomas de gota novamente. Mas outras podem experimentar a gota várias vezes por ano. Os medicamentos podem ajudar a prevenir ataques de gota em pessoas com gota recorrente.

– Pedras nos rins. Cristais de urato podem se acumular no trato urinário de pessoas com gota, fazendo pedras nos rins. Medicamentos podem ajudar a reduzir o risco de pedras nos rins.

 

> DIAGNÓSTICO

Os testes para ajudar a diagnosticar a gota podem incluir:

– Teste de líquido articular. Seu médico pode usar uma agulha para extrair o líquido de sua articulação afetada. Quando examinadas ao microscópio, o líquido articular pode revelar cristais de urato.

– Exame de sangue. Seu médico pode recomendar um exame de sangue para medir o nível de ácido úrico no sangue. Resultados dos testes de sangue podem ser enganosos, no entanto. Algumas pessoas têm níveis elevados de ácido úrico, mas nunca experimentaram a gota. E algumas pessoas têm sinais e sintomas de gota, mas não têm níveis anormais de ácido úrico no sangue.

> TRATAMENTO

Tratamento para a gota geralmente envolve medicamentos. Os medicamentos que você e seu médico escolher serão baseados em sua saúde atual e as suas preferências.

Medicamentos de gota podem ser usados para tratar ataques agudos e prevenir futuros ataques, bem como reduzir o risco de complicações da gota, tais como o desenvolvimento de tofos de depósitos de cristais de urato.

As drogas utilizadas para o tratamento de ataques agudos e prevenção de ataques futuros incluem:

– Medicamentos anti-inflamatórios não esteroides (AINEs). AINEs podem controlar a inflamação e dor em pessoas com gota. O seu médico poderá prescrever uma dose mais elevada para parar um ataque agudo, seguido de uma dose diária mais baixa para prevenir futuros ataques.

– NSAIDs incluem opções, tais como o ibuprofeno (Advil, Motrin, outros) e naproxeno (Aleve, outros), assim como a prescrição NSAIDs mais poderosos tais como a indometacina (Indocin). AINEs apresentam riscos de dores de estômago, hemorragias e úlceras.

– Colchicina. Se você é incapaz de tomar NSAIDs, o médico pode recomendar a colchicina (Colcrys), um tipo de analgésico que reduz eficazmente a dor da gota – especialmente quando começou logo após os sintomas aparecerem.

A eficácia do fármaco é compensada, na maioria dos casos, no entanto, tem efeitos secundários intoleráveis, tais como náuseas, vómitos e diarreia.

– Corticosteroides. Medicamentos corticosteroides, como a prednisona a droga, podem controlar a inflamação e dor da gota. Os corticosteroides podem ser administrados em forma de pílula, ou podem ser injetadas em seu conjunto.

O seu médico pode injetar um medicamento corticosteroide durante a mesma visita como um teste de líquido articular – onde ele retira (aspirados) líquido de sua articulação com uma agulha.

Os corticosteroides são geralmente reservados para pessoas que não podem tomar qualquer AINEs ou colchicina. Os efeitos colaterais dos corticosteroides podem incluir enfraquecimento dos ossos, má cicatrização de feridas e uma diminuição da capacidade de combater a infecção.

Para reduzir o risco destes efeitos secundários graves, o médico irá tentar encontrar a menor dose que controla os seus sintomas e prescrever esteroides para o menor tempo possível.

Se você tiver vários ataques de gota a cada ano ou se seus ataques de gota são menos frequentes, mas particularmente dolorosos, o médico pode recomendar medicação para reduzir o risco de complicações relacionadas com gota.
As opções incluem:

– Os medicamentos que bloqueiam a produção de ácido úrico. Medicamentos chamados inibidores da xantina oxidase, incluindo alopurinol (Aloprim, Lopurin, Zyloprim) e febuxostat (Uloric), limitam a quantidade de ácido úrico que seu corpo faz.

Isso pode diminuir o nível de ácido úrico do sangue e reduzir o risco de gota. Os efeitos colaterais do alopurinol incluem uma erupção cutânea e baixa contagem do sangue. Efeitos colaterais do Febuxostat incluem erupções cutâneas, náuseas e função hepática reduzida.

– Inibidores da xantina oxidase podem desencadear uma nova crise aguda, se tomado antes de um ataque recente foi totalmente resolvido. Tomando um curso curto de colchicina baixa dose antes de iniciar um inibidor da xantina-oxidase foi encontrada para reduzir significativamente este risco.

– Medicação que melhoram a remoção de ácido úrico. Probenecide (Probalan) melhora a capacidade de seus rins para eliminar o ácido úrico do seu corpo. Isto pode reduzir os níveis de ácido úrico e reduzir o risco de gota, mas o nível de ácido úrico na urina aumenta. Os efeitos colaterais incluem uma erupção cutânea, dor de estômago e pedras nos rins.

 

>> Recomendamos Para Você:

 

 

 

 

 

 

 

anel-magnetico

Recomendados para você:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *