Dieta Para Abaixar Colesterol: Cardápio de Nutricionista

Tudo Sobre Dieta Para Abaixar Colesterol: Cardápio de Nutricionista

Dieta_Para_Abaixar_Colestero_Cardapio_de_Nutricionista_mini

10 ALIMENTOS RICOS EM COLESTEROL

Você não precisa de um nutricionista para saber se você deve ou não deve comer batatas fritas e frango frito todos os dias. Eles estão carregados de sódio, gordura e colesterol, mas você sabe exatamente quanto?

Uma dieta rica em colesterol, gorduras saturadas e gorduras trans podem elevar os níveis de colesterol no sangue e te colocar em risco de doença cardíaca.

Muitos alimentos que vêm de animais, como carne e produtos lácteos, contêm gorduras saturadas, enquanto produtos como pães e comidas rápidas são ricas em gorduras trans.

Dieta Para Abaixar Colesterol Cardápio de Nutricionista

>> Recomendamos Para Você:

 

(VÍDEO) DICAS PARA EMAGRECER QUE FUNCIONAM

 

(VÍDEO) Dieta da Água para Emagrecer Perca 4kg em 1 Semana

 

(VÍDEO) Dieta da Sopa Hospital do Coração Perca 7KG

 

(VÍDEO) Dieta Fruta e Proteína Perca 9kg em 3 Dias

 

>> O que é bom para um café da manha?

A primeira coisa que você precisa saber sobre o colesterol elevado na comida é que a moderação e o equilíbrio são importantes. Os ovos são boa opção considerada saudável, dentro dos limites.

 

>> Um Cheeseburger não é o paraíso

Falando de cheeseburgers, se você é como muitos brasileiros, você provavelmente come fora. Mas antes que você peça aquele lanche gigante, considere isto: O Big Mac do McDonald tem 85 mg de colesterol. É uma bomba calórica.

 

>> Macarrão com queijo

Os ingredientes típicos: macarrão e queijo são carregados com gorduras saturadas e colesterol. Mas esta receita não tem de ser um alimento alto em colesterol.

Ao substituir o leite e a manteiga, por leite desnatado e manteiga natural já vai ser de grande ajuda, e usando queijo com baixo teor de gordura, você pode diminuir suas calorias e ter o seu macarrão com queijo com menos da metade da gordura e colesterol da receita tradicional.

 

>> Sorvete para a sobremesa?

Sorvete é a mais popular sobremesa congelada do nosso pais, mas você sabia que um único copo de sorvete tem mais gordura do que um hambúrguer e mais colesterol de 10 sonhos?

Tente uma xícara de frutas frescas para a sobremesa. Fruta é baixa em calorias e rica em fibras, vitaminas e nutrientes que você realmente precisa, tornando uma das melhores coisas que você pode comer para reduzir o colesterol.

 

>> Cuidado com a carne.

Mesmo sobre as melhores circunstâncias (com pouca gordura, e cozido em azeite), uma porção de costela ocupa uma grande parte da sua dose diária recomendada de gordura saturada e colesterol.

Com nada mais no seu prato, você estará comendo 20 % de sua gordura saturada permitida e 22 % do seu colesterol, o que não deixa muito espaço para o resto do dia.

Se você não está pronto para dizer adeus à carne, considere cortes magros de carne, como lombo, flanco, alcatra ou muculo- para diminuir o colesterol.

 

>> Bolos.

Nem todos os bolos são iguais. Claro, você pode comer um bolinho Inglês sem gordura saturada e sem colesterol, mas muitos bolos, especialmente aqueles carregados com ingredientes extras que você pode comprar ou cozinhar em casa, pode ter até 8 gramas de gordura em um único pedaço.

Um bolo normal com farinha de trigo integral, pode te fornecer fibras, e menos gordura além de diminuir o colesterol, faz dele uma escolha muito melhor.

 

>> Frutos do mar?

Alguns tipos de frutos do mar são bons para você, mas outros são carregados com colesterol. Lagosta, por exemplo, não é uma boa opção se você tiver uma doença cardíaca ou colesterol alto.

Três porções de lagosta tem 61 mg de colesterol, e isso é antes de mergulhar ela na manteiga derretida. Se quiser comer frutos do mar, fique longe da manteiga e se lembre que a carne grelhada é muito melhor que frita.

Você também precisa ter em mente a quantidade que você come uma porção dupla também vai dobrar o colesterol.

 

(VÍDEO) O que é Colesterol?

 

>> Mesmo o frango, pode ter quantidades grandes de colesterol.

Apesar do frango ser geralmente considerado como uma boa escolha de carne com pouca gordura, como você cozinha pode fazer uma grande diferença.

Por exemplo, uma perna de frango com a pele ainda tem mais gordura e colesterol do que uma xícara de sorvete ou um hambúrguer.

Além disso, a carne de aves escura tem mais gordura do que a carne branca. Ao fazer escolhas de frango, sem pele e opte por carne clara.

 

>> Apenas diga não ao fígado

Fígado é carregado com ferro, o que poderia ser bom para você, mas também é rico em colesterol. O colesterol é feito e armazenado no fígado, e os níveis mais concentrados de colesterol em carnes de animais são encontrados em carnes de órgãos como o fígado.

Lembre-se, 300 mg de colesterol é suficiente para um adulto saudável. Três gramas de fígado bovino cozido lhe dará 331 mg de colesterol.

 

>> Chips também são carregados no colesterol.

As gorduras trans podem se transformar em um alimento saudável, mas com um alto colesterol. Essas gorduras resultam da adição de hidrogênio aos óleos vegetais, e são usadas em muitos assados ou alimentos fritos, como biscoitos, bolos, batatas fritas, anéis de cebola, e crackers.

Se ele está frito, ou gratinado, crocante, ou recheado, muitas das coisas que nós amamos comer são ruins para os nossos níveis de colesterol.

Conheça os números permitidos para a gordura e colesterol. Leia os rótulos, cozinhe de forma inteligente, e se lembre que pequenas porções são outra forma de cortar alimentos ricos em colesterol.

 

>> SUGESTÃO DE CARDÁPIO DE 1500 CALORIAS

 

Café da Manhã

  • Opção 1: Opção 5: 1 copo 300mL de vitamina com leite de soja, 2 colheres sopa de abacate, 1 colher sobremesa de semente de linhaça triturada, ½ unidade média de pão sírio integral, ¼ colher sopa de cream cheese light, 3 fatias finas de peito de peru
  • Opção 2: 1 copo 300mL de suco de melão, couve,1 colher sobremesa de semente de linhaça triturada,2 fatias de pão de forma integral light, 3 colheres sopa de patê de cottage com peito de peru
  • Opção 3: 1 copo 200mL leite de soja light, 1 sanduíche misto quente light, 1 fatia grossa de melão
  • Opção 4: 1 copo de leite de soja batido com 1 fruta (mamão, maçã ou goiaba), 2 fatias de pão integral, 1 colher de sopa de requeijão light

 

Lanche da Manhã

  • Opção 1: 1 copo 200mL de suco de soja light
  • Opção 2: 1 maçã sem casca, 1 xícara de chá de espinheira-santa
  • Opção 3: 1 pêra pequena sem casca
  • Opção 4: 1 fatia de melão

 

Almoço

  • Opção 1: ¼ do prato de agrião, 1 colher cheia sopa de beterraba crua e ralada, 1 colher cheia sopa de grão de bico cozido, 1 colher sopa de abobrinha cozida e grelhada, ½ colher sopa de azeite de oliva extravirgem, 4 colheres sopa purê de batatas, 2 postas de badejo assado
  • Opção 2: 1 prato sobremesa de salada verde, 3 colheres sopa de arroz parabolizado, 2 colheres sopa de lentilha cozida, 3 colheres sopa de carne moída refogada, 2 fatias médias de berinjela grelhada com manjericão
  • Opção 3: ¼ do prato de alface crespa, 1 colher sopa de cenoura cozida,1 unidade média de palmito em conserva, ½ colher sopa de azeite de oliva extravirgem,4 unidades de panqueca de frango e milho
  • Opção 4: 1 pires de salada de folhas com tomate-cereja, milho, trigo em grão e azeite, Omelete de 3 claras e 1 gema com legumes e peito de peru, 2 colheres de arroz integral

 

Café da Tarde

  • Opção 1: 2 unidades de nozes
  • Opção 2: 1 maçã sem casca,10 unidades de macadâmia, 1 unidade de noz
  • Opção 3: 3 unidades de damasco seco, 3 unidades de castanha-do-brasil
  • Opção 4: ½ pacote de maçã desidratada, 12 unidades pequenas de amêndoa seca

 

Jantar

  • Opção 1: 1 sanduíche misto quente light, 1 copo 300mL de suco de melancia com água-de-coco
  • Opção 2: 1 colher sopa de chuchu cozido, 1 colher sopa de salsinha crua, ¼ de colher sopa de azeite extravirgem, 4 colheres sopa de arroz à grega, 1 posta grande de salmão ao alho e alecrim, 2 fatias grossas de melão
  • Opção 3: 1 prato sobremesa de legumes grelhados, 4 colheres sopa de arroz brasileirinho, 2 unidades médias assadas de filé de frango empanado,1 taça de gelatina com uvas
  • Opção 4: 1 beirute de atum, 1 copo 300 mL suco de soja light

 

Ceia

  • Opção 1: 1 copo 300mL leite de soja, 3 unidades de bolacha cream cracker integral
  • Opção 2: 1 pote de iogurte de soja,1 colher cheia sopa de amaranto
  • Opção 3: 1 copo 300mL de água-de-coco
  • Opção 4: 1 maçã sem casca

 

(VÍDEO) Sintomas de Colesterol Alto

 

Redução do Colesterol

Dieta funciona, mas apenas condicionalmente.

A comida é, juntamente com isenção de parar de fumar e exercer o tratamento básico para níveis elevados de colesterol do lipídico, que se dedica à luta contra a dislipidemia e sequelas.

Se alguém está realmente doente, no entanto, não é o suficiente para que, faria sua medicação.

Para sobre a dieta permite que o colesterol, para reduzir em apenas 10 a 15%, com o fármaco bem comprovado contra ele por cerca de 50%.

O aumento da LDL-colesterol nos vasos sanguíneos danificados

O colesterol é uma matéria-prima essencial do corpo. Uma parte que ele se estabeleça, uma parte dela é fornecida através da dieta.

Torna-se perigoso, no entanto, quando o chamado mau colesterol LDL é aumentado no sangue, enquanto que os valores baixos da presente colesterol “bom” de HDL, como o coração Fundação Alemã explicado.

Porque isso poderia levando a depósitos maciços e danos às paredes dos vasos sanguíneos, causando ataque cardíaco ou derrame no pior dos casos.

 

Mudar para dieta mediterrânea

Caso contrário, o perigo é muito grande que os pacientes podem ser apenas as mudanças de estilo de vida necessárias e comer como de costume.

O conselho de ambos os lipídios a partir da fundação do coração é esta: comer uma dieta mediterrânea.

A todo mundo sabe, porque vamos para os italianos todos como.

Redução do colesterol por outras gorduras

Para a sua própria conta de tarifa que significava: menos carne, os lotes de legumes, peixe, mais óleos vegetais fibras e frutas.

Faz sentido fazer passo a passo para a mudança na dieta.

Em primeiro lugar, a vista das gorduras utilizados deve ser abordada.

Substituir gorduras animais com gorduras vegetais

Substituir a gordura saturada para insaturados fora, então sair de gorduras animais como manteiga, a gordura vegetal com um monte de Omega-3 ácidos, como preso como no óleo de peixe ou óleo de canola.

 

Em princípio aplica-se:

O líquido é uma graxa à temperatura ambiente maior será a sua composição de ácidos graxos e o mais provável são permitidos.

Escolha produtos lácteos não ricos em gordura

Em produtos lácteos, deve, em princípio, a versão de baixo teor de gordura.

Quem gordura iogurte tem pouco creme, o que poderia torná-lo mais flexível com um pouco de óleo neutro tal como o óleo de colza ou óleo de noz.

E se alguém usa para um molho em vez de creme de soja creme, fazer pouca diferença saborosa.

 

Colesterol fibra de ligamento

Para aumentar o teor de fibra na dieta, porque a ligação do colesterol intestinal fibra dietética e transportá-los para fora do corpo.

Os ganhos de produtividade podem ser que por todos os dias são três punhados legumes no cardápio.

Coma os legumes não apenas como matéria e não como medicamento, mas refletem-lo em seu planejamento refeição na forma de legumes, saladas ou grandes vegetais, pratos com um.

Mesmo os grãos integrais são ricos em fibras e deve se concentrar mais intensamente em sua placa.

Em vez de pastelaria acabado, em vez assar em si

 

Fique longe de doces.

Em seguida, eles muitas vezes escondem muito insalubres como em carnes gordurosas, carnes gordas, queijos gordos e outras páginas espelhadas exuberantes.

Para assar o bolo para si, especialmente em massa de fermento, porque o pouco de gordura necessidade é melhor.

Massa de óleo ou a massa filo árabe são alternativas livres de colesterol.

E para sobremesas, propõe preferem confiar em frutas e nozes em vez de creme de leite e ovo.

 

(VÍDEO) Abaixar Colesterol, Glicemia e Triglicerídeos com Abóbora

 

Baixo colesterol – realmente útil?

O colesterol é vilipendiado, muitas vezes gostam.

O que a maioria das pessoas não sabe: não é de todo ruim, mas as pessoas ainda vitais para nós:

O colesterol é um lipídio que é mesmo produzido pelo corpo e que é necessário entre outras coisas, para a absorção de vitaminas e a produção de hormônios importantes.

Mas como é para o fato de que o colesterol elevado, especialmente na ciência, tem sido visto como um grande ofensor sobre ataques cardíacos?

Isto é devido a algumas substâncias endógenas juntos, que foram de facto intimamente relacionados com o colesterol, mas um olhar mais atento apenas alguns anos: HDL, LDL e VLDL.

 

HDL, LDL, VLDL – O quê é?

Este colesterol em qualquer lugar para chegar lá, onde é necessário no corpo, transportando-se pelas chamadas lipoproteínas através da corrente sanguínea.

As duas principais lipoproteínas, HDL e LDL são muitas vezes simplesmente referidos como “bom” (HDL) ou “mau colesterol” (LDL) se refere.

Vamos olhar para estas substâncias, uma vez mais exatamente:

HDL: significa lipoproteína de alta densidade.

Você poderia chamá-lo a vassoura entre as lipoproteínas, porque é responsável para transportar o excesso de colesterol de volta ao fígado, para que possa ser excretado.

E essa é a razão por que é muitas vezes chamado de “colesterol bom”: Limpa no corpo e impede muito colesterol está a caminho.
LDL: a lipoproteína de baixa densidade torna o caminho oposto: ele fez o corpo a partir do colesterol pelo fígado transportado em qualquer lugar.

Dentro do LDL está novamente entre pequena densa e flutuante grande LDL distinto.

Esta distinção é importante porque a pequena densa LDL são a razão LDL é chamado de “colesterol ruim” – mas mais sobre isso mais tarde.

VLDL: as lipoproteínas de densidade muito baixa também são importantes no nosso contexto.

Eles transportam o colesterol, mas especialmente gorduras especificamente (triglicerídeos) a partir do fígado para outras partes do corpo.

 

E por que é o colesterol agora realmente prejudicial?

Todos os perigos e os efeitos nocivos que são atribuídos ao colesterol, têm agora realmente nada a ver com o próprio colesterol mas com as lipoproteínas que transporta-lo.

No nosso VLDL e LDL corrente sanguínea substituir as gorduras de triglicerídeos e de colesterol moléculas a partir de outra.

Subsequentemente, as partículas de LDL triglicerídeos dar depois de novo, de modo que eles podem ser usados como fonte de energia para metabolismo.

O LDL tem cumprido o seu trabalho como um transportador assim.

No entanto, encolher as partículas de LDL e há o pequeno denso LDL.

O maior deles em nossa corrente sanguínea é, e quanto mais tempo ele permanece lá, maior o risco é que essas partículas se acumulam oxidar ou processos inflamatórios levar e, assim, inter alia, às temidas doenças cardiovasculares.

 

Reduzir o colesterol?

Pouco resumidos novamente: O LDL transporta o colesterol de lipoproteína e gorduras a partir de fígado de nosso pelo corpo.

Se muito tempo como a pequenas partículas na corrente sanguínea após o que a oxidação e a inflamação podem ser desencadeadas que provocam doenças perigosas.

O colesterol é tão inocente, e conselhos sobre o consumo de alimentos ricos em colesterol, como ovos para reduzir a reduzir o colesterol, então vá o verdadeiro problema completamente sobre.

À primeira vista, óbvia, mas tão errado, ele seria agora menos gordura para consumir:

Pode-se supor que embora menos gorduras sejam transportadas através de uma dieta de baixa gordura e, portanto, parece menos

 

(VÍDEO) Coma Alimentos com Baixo Colesterol!

 

VLDL e pequenas LDL no sangue.

Mas apenas o oposto é verdadeiro:

Quanto mais gordura que tomamos na dieta, menos triglicerídeos, o corpo deve produzir e transportar-se.

Por outro lado, simplesmente não há gordura, mas carboidratos, especialmente os açúcares que elevam os níveis de insulina, estimulando assim a produção de triglicérides no fígado e assim a formação de substâncias nocivas pequenas densas favor LDL.

 

O objetivo: impedir a inflamação

O nosso objetivo deve realmente ser a um aumento da produção de triglicérides e VLDL para evitar processos inflamatórios e a oxidação prevenção da pequena LDL.

A fim de manter a produção do corpo de triglicerídeos baixos, devemos especialmente abster-se de carboidratos vazios (por exemplo, a partir de cereais), nomeadamente o açúcar.

Uma vez que estes são convertidos no fígado em triglicerídeos.

Nós substituímo-lo na nossa dieta com gorduras saudáveis, triglicerídeos endógenos são produzidos menos.

Esta última análise, resulta em menos pequena LDL está presente.

Para processos de inflamação e oxidação principalmente de açúcar e carboidratos vazios são responsáveis.

Além disso, ácidos gordos trans, que em muitos alimentos processados pode ser encontrado.

Por isso, é sensato para bani-los da nossa dieta.

E eu substituo-as por gorduras saudáveis, como óleo de coco, manteiga, azeite e peixe e comer legumes e frutas, que contêm uma grande quantidade de antioxidantes, nos curvamos diante até todos estes riscos.

ATUALIZADO: 05.10.16

medico emagecer mulher

>> RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

Recomendados para você:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *