DEPRESSÃO: Tipos, Diagnóstico e Principais Tratamentos

Tudo sobre Depressão e seus Principais Tratamentos

SOBRE_DEPRESSAO_mini

SOBRE DEPRESSÃO

A depressão do termo é usada para descrever um longo período de tristeza. Ele também pode se referir ao humor da pessoa, onde ele ou ela se sente triste e desanimado, ou para descrever uma doença mental debilitante chamada transtorno depressivo maior.

Para sentir-se triste durante crises principais da vida é normal, mas transtorno depressivo maior refere-se a uma condição onde há tristeza prolongada sem qualquer link para eventos da vida.

É importante lembrar que o transtorno depressivo maior é uma doença e precisa ser tratada como outras doenças. Aqui está o que você deve saber sobre depressão e compreendê-lo é metade da batalha ganha.

Depressão pode afetar uma pessoa emocionalmente, bem como fisicamente. Sintomas comuns de depressão incluem infelicidade, perda de interesse em atividades que antes eram agradáveis, perda de apetite, falta de energia e motivação, dificuldade de concentração, incapacidade de tomar decisões e problemas (principalmente insônia) do sono.

Depressão crônica, não tratada pode induzir pensamentos suicidas nas pessoas. Mas pode ser tratada com medicamentos antidepressivos se pessoas aceitam seu problema e consideram o tratamento.

>> Recomendamos para Você:

(VÍDEO) Novo Cardápio Para Combater a Depressão

(VÍDEO) Psiquiatra Doris Moreno fala sobre depressão e saúde mental

TIPOS

Depressão geralmente caracteriza-se por longos períodos de tristeza. É geralmente classificado em:

Depressão Maior ou clínica: pessoas que sofrem este tipo mostram sinais tais como – perda de apetite, baixos níveis de energia, pesadelos frequentes, distúrbios do sono, desespero e solidão e falta de vontade para fazer as tarefas mais simples.

Transtorno depressivo persistente: Humor deprimido que dura pelo menos 2 anos. Uma pessoa diagnosticada com transtorno depressivo persistente pode ter episódios de depressão maior, juntamente com períodos de sintomas menos graves, mas os sintomas devem durar por 2 anos.

Algumas formas de depressão são ligeiramente diferentes, ou eles podem desenvolver sob circunstâncias únicas. Eles incluem:

A desordem afetiva sazonal (SAD): Caracteriza-se pelo aparecimento de depressão durante os meses de inverno, quando há menos luz solar.

Transtorno bipolar: também chamada de doença maníaco-depressiva, não é tão comum como depressão ou transtorno depressivo persistente.

Depressão pós-parto: é muito mais grave do que a ‘olhos azuis’ que muitas mulheres experimentam após dar à luz.

Transtorno disfônico pré-menstrual: É comum em mulheres em idade reprodutiva. No entanto, você já se perguntou por que as mulheres sofrem de irritabilidade e depressão durante TPM?

 

FAZ COM QUE

É difícil identificar as exatas causas que levam à depressão, mas pode haver várias razões para isso. Alguns mais comuns incluem:

• Trauma ou dor
• Trabalho, stress
• Depressão-acionar alimentos
• Problemas de amor e relacionamento
• História da família
• Dependência de álcool
• Falta de exercício
• Obesidade

 

FATORES DE RISCO

Se você constantemente se sente triste e para baixo, a chance que você pode realmente tornar-se deprimido depende da presença de determinados fatores de risco físicos, genéticas, psicológicas e ambientais.

• História da família
• Sexo
• Vida estressante
• Status socioeconômico
• Estado civil
• Distúrbios do sono
• Uso excessivo de medicamentos
• Doença física ou mental
• Extremamente baixo peso ao nascer
• Experiência passada
• Tabaco e álcool

 

SINTOMAS

Pessoas com doenças depressivas não experimentam todos os sintomas semelhantes. A gravidade, frequência e duração dos sintomas variam dependendo do indivíduo e sua doença particular.

Aqui estão 7 sinais e sintomas de depressão, que você não deve perder:

• Sentimentos persistentes tristes, ansiosos ou ‘vazios’
• Sentimentos de desesperança ou pessimismo
• Sentimentos de culpa, inutilidade, desamparo ou
• Irritabilidade e inquietação
• Perda de interesse em atividades ou hobbies uma vez prazerosos, incluindo sexo.
• Fadiga e diminuição da energia
• Dificuldade de concentração, lembrando detalhes e tomada de decisões.
• Insônia, vigília de manhã cedo ou dormir excessivo.
• Comer em excesso ou perda de apetite
• Pensamentos suicidas, tentativas de suicídio.

TRATAMENTO

São as opções de tratamento normalmente empregadas para lidar com a depressão:

Medicamentos

Os antidepressivos mais recentes e mais populares são chamados inibidores seletivos da receptação da serotonina (SSRIs). Fluoxetina, sertralina, escitalopram, paroxetina e citalopram são alguns dos SSRIs mais comumente prescritos para a depressão.

Terapia

Sim, sessões de aconselhamento é uma grande ajuda, se o tipo de terapia é usado e combinado com medicamentos, dependendo do tipo de depressão e receptividade da pessoa. Dois tipos principais de psicoterapias:

Terapia cognitivo-comportamental (TCC) – ajuda as pessoas com depressão reestruturar padrões de pensamento negativo.

A terapia interpessoal (IPT) – ajuda as pessoas a compreender e trabalhar através de relacionamentos problemáticos que podem estar causando a sua depressão ou piorando as coisas.

 

COMPLICAÇÕES

A depressão é uma doença grave que pode tomar um pedágio terrível sobre os indivíduos e famílias. Depressão não tratada pode resultar em problemas de saúde física, emocional e comportamental que afetam todas as áreas da vida.

As complicações associadas com depressão podem incluir:

• Excesso de peso ou obesidade, que pode levar a doenças e diabetes
• Álcool ou abuso de substâncias
• Ansiedade, transtorno do pânico ou fobia social.
• Conflitos familiares e dificuldades de relacionamento
• Trabalho ou problemas acadêmicos
• Isolamento social
• Instintos suicidas, tentativas de suicídio ou suicídio
• Automutilação, como cortar o pulso.
• Morte prematura de outras condições médicas

 

REMÉDIOS NATURAIS

Antes de você optar por essas pílulas antidepressivas, tente estas opções naturais:

• Obter a sua dose diária de vitaminas
• Apimentar a sua vida com pimenta preta
• Tente a Musicoterapia
• Devorar peixes e nozes
• Ir para uma caminhada
• Ame sua cama, durma bem.
• Manter a paz com meditação e yoga
• Apanhar sol
• Vencer o stress com óleos essenciais

 

PREVENÇÃO

Não há nenhuma maneira de prevenir a depressão. No entanto, estas estratégias podem ajudar.

Tome medidas para controlar o estresse, aumentar sua resistência e sua autoestima.

Falar com família e amigos, especialmente em tempos de crise.

Obter tratamento no primeiro sinal de um problema para ajudar a prevenir a depressão de agravamento.

Considere a receber tratamento de manutenção em longo prazo para ajudar a evitar uma recaída dos sintomas.

A melhor estratégia preventiva é o reconhecimento precoce dos sintomas e intervenção precoce com a ajuda de um cuidador profissional de saúde mental.

 

» » RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

Reeducação Alimentar para Emagrecer – Como fazer, Cardápio e Receitas
Nova Dieta do Leite – Cardápio Completo Passo a Passo Perca 8kg
Sopa Emagrecedora com Legumes
Receitas de Suco para Emagrecer – Sucos que Ajudam a Perder Peso
Dieta para Perder Peso Rapidamente – Perca 6kg em 5 Dias
Nova Dieta para Diabéticos – Cardápio Completo para Diabetes tipo 2
Dieta Rápida – Cardápio Completo para Você Perder 1kg por Dia
Nova Dieta do Abacaxi – Cardápio Completo para Emagrecer Fácil 5kg
Nova Dieta das Frutas para Emagrecer – Emagreça 8 Kilos em 10 Dias
Dieta da Sopa – Dieta de Uma Semana Perca 1kg por dia Fácil
Remédio para Emagrecer: Confira Remédios mais Vendidos no Brasil
Dieta do Carboidrato – Cardápio Completo Perca 6kg em 15 dias
Dieta Dukan – a dieta das celebridades perca 9kg em 15 dias
Como Perder 5 kg em uma Semana – Dieta de uma Semana
Dieta de Emagrecimento Rápido – Cardápio Completo

anel-magnetico

Recomendados para você:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *