Chá de Hortelã: Pra que Serve, Como Fazer e Benefícios

Tudo Sobre Chá de Hortelã: Pra que Serve, Como Fazer e Benefícios

Chá de Hortelã

Chá de Hortelã Benefícios

Embora o chá de hortelã tenha sido usado durante séculos para aliviar uma variedade de doenças, a avaliação científica dos benefícios para sua saúde do chá de hortelã, a partir de 2010, está nos estágios iniciais.

Chá de Hortelã tem baixos efeitos colaterais, pode ser uma alternativa ótima para os produtos farmacêuticos em algumas situações.

Chá de Hortelã Pra que Serve, Como Fazer e Benefícios

 

>> Recomendamos para Você:

 

(VÍDEO) Dicas Como Emagrecer – Chá de Hortelã

 

(VÍDEO) Descubra Benefícios que Hortelã Proporciona para Saúde

 

(VÍDEO) Benefícios do Chá de Hortelã para saúde e para Pele

 

Chá de Hortelã Como Fazer

Para fazer um deliciosos chá de hortelã ou menta, basta fazer da seguinte forma:

Ingredientes:

– 1 colher de sopa de folhas de hortelã miúdas.

– Água a ferver (500 ml).

Modo de fazer:

Colocar as folhas num recipiente com tampa, depois deite por cima a água fervida, tape e deixe em repouso durante 10 a 15 minutos. Coe, adoce a gosto e é tudo (beba 2 a 3 chávenas por dia).

 

Chá de Hortelã Emagrece

Chá de hortelã Pimenta controla o que você come. Se você gosta de chá de hortelã, este tipo de Hortelã ajuda a acelerar seu metabolismo e queimar gordura naturalmente.

As folhas de hortelã-pimenta podem ser utilizadas para criar um leve, refrescante chá, que pode ser ingerido quente ou frio.

Para preparar o chá, uma colher de sopa de folhas frescas de hortelã-pimenta ou secas e adicione água fervente e deixe em infusão por 4-5 minutos.

Coe e adicione o mel, se necessário.

 

Chá De Hortelã Para Que Serve


SENSAÇÃO RUIM NO ESTÔMAGO

Uma xícara de chá de hortelã alivia dor de estômago e te livra da azia. Embora o chá de hortelã pode também aliviar os sintomas da síndrome do intestino, comprimidos de hortelã são considerados ser mais eficazes.

Faça o chá para uma dor de estômago, derramando água fervente sobre 1 a 2 colheres de chá (folhas de hortelã secas). Deixe o chá em um canto depois de ferver por cinco minutos e esta pronto para o consumo.

 

FOCO MENTAL

Chá de hortelã tem um refrescante sabor fresco e um aroma revigorante que pode ajudar os motoristas a ficarem alertas, focados e menos ansiosos.

O aroma de chá de hortelã pode melhorar o desempenho mental e aumentar o foco não só em motoristas, é bom também para quem esta nervoso e quer um calmante natural e gostoso.

 

TOSSES E CONGESTÃO

A menta de uma xícara de chá de hortelã pode ajudar a soltar o congestionamento e aliviar a tosse, constipações e alergias. O chá dilui o muco e atua como um expectorante para acabar com a tosse, e também pode aliviar a tosse seca e dor de garganta.

Beba 4 a 5 xícaras de chá de hortelã por dia, entre as refeições. Beba o chá puro, ou adicione algumas gotas de suco de limão ou uma fatia de limão.

 

MAU HÁLITO

Chá de hortelã alivia o mau hálito causado por fumar, beber álcool ou comer cebola ou alho. Beber o chá de hortelã quente ou gelado é uma boa alternativa, ou fazer gargarejo com chá da hortelã fresca.

 

(VÍDEO) Aprenda a fazer sem erros o chá de hortelã ou menta

 

Hortelã

Condimento ou planta ornamental, hortelã, também faz parte da história da medicina herbal.

É conhecido pela sua capacidade de relaxar os músculos, para tratar problemas digestivos e por suas propriedades antissépticas e tonificação.

Ele também estimula a secreção biliar e transpiração.

Nome científico: Mentha

Nome comum: Hortelã

Nomes em Inglês: mentha, mint

Classificação botânica: Família Lamiaceae ( lamiaceae )

Formas e preparações: secagem, comprimidos, cápsulas, doces, óleos, pomadas, loções, chás, tinturas, decocções.

Propriedades medicinais da hortelã

 

Uso interno

Distúrbios digestivos: eficaz em casos de obstipação ou diarreia.

Urinárias: efeito diurético.

Resfriado e tosse: calmante.

Dor: dor nas articulações, musculares e dores de cabeça.

Problemas respiratórios: eficaz contra doenças como a bronquite.

Contra doenças da pele: alivia a dor associada a picadas de insetos e animais e previne a formação de fendas.

Problemas digestivos (indigestão, distensão abdominal, flatulência), inflamação do sistema respiratório, dores articulares, musculares e dores de cabeça.

Coceira da pele ou infecção na boca.

 

Indicações terapêuticas demonstram

Prevenção de inflamação da pele de todos os tipos, mesmo eczema.

Estimula a produção de sucos digestivos e vesícula biliar.

É eficaz durante episódios de gastroenterite e contra dores nevrálgicas.

Também tem efeitos revigorantes.

Histórico do uso de hortelã em fitoterapia

Hortelã é uma das plantas medicinais mais conhecidas.

Os arqueólogos encontraram folhas de hortelã em túmulos egípcios.

Seu uso foi encontrado entre os gregos e romanos para aliviar a dor ou purgar o doente.

Sido esquecido no Ocidente, ela se juntou à medicina tradicional no século XVIII.

Desde então, tem sido uma das primeiras plantas a ser intensamente utilizado pela indústria farmacêutica.

Hortelã se tornou umas clássicas prateleiras das farmácias.

Há também hortelã em muitos doces, xaropes ou como um sabor para melhorar o sabor de certos fármacos.

 

Descrição botânica de hortelã

Hortelã é uma planta muito aromático até 80 cm de altura.

Ele pertence à família Lamiaceae.

Sua variedade mais utilizada na medicina herbal é hortelã-pimenta.

Tem uma estrutura serratifoliée quadrado caules.

Sua cor é verde e sua colheita é feita em uma base anual.

Semeia-se na primavera e colhida no verão. Pode ser encontrada na Europa, Ásia e América do Norte.

 

Composição de hortelã

Comumente trabalhar com a parte aérea da planta na medicina herbal.

Para infecções gastroenterite, toda a planta pode ser usada.

 

Ingredientes ativos

O óleo essencial representa 1,5% da planta.

Os compostos mais utilizados são o mentol (35 a 55% deste) e hortelã (10 a 40%).

A preparação de hortelã fornece flavonoides (lutéolme, menthoside) e fenóis e triterpenos.

A planta contém enzimas (peroxidase e oxidase), vitamina C e diversos ácidos (cafeico, clorogénicos, ácido ferúlico, ácido fumárico).

 

(VÍDEO) CHÁ DE HORTELÃ – Para ter o estômago em dia

 

Uso e dosagem de hortelã

Hortelã é frequentemente proposta como preparações industriais ou artesanais.

Incluem cápsulas, loções, cremes à base de mentol, tingimento ou de óleos essenciais.

Para este último, é geralmente recomenda três saco diariamente 2 a 4 gotas.

Para o tingimento (45%), que é de 2 a 5 ml com a mesma frequência para ser utilizado.

Para as preparações em casa:

Infusão: uma colher de sopa de folhas por 150 ml de água fervente.

Para um litro de água, pesar 15 g de folhas.

Ferver dez minutos e levar de 3 a 4 xícaras por dia.

Como um gargarejo: 50 g de folhas secas por litro de água e deixe ferver por dez minutos.

 

Precauções da hortelã

Internamente, não use hortelã para crianças menores de 5 anos.

Quanto ao óleo essencial, a sua utilização deve seguir uma prescrição.

É importante não dar a crianças com menos de 12 e mulheres grávidas ou durante o aleitamento.

Para uso externo, verifique se a pele não apresenta nenhuma lesão ou inflamação.

Evite aplicações respiratórias demasiado perto, porque o risco de espasmos.

 

Contraindicações

Hortelã não é recomendada em pessoas com vesícula biliar, bem como em pacientes que sofreram problemas graves de fígado.

É o mesmo para as pessoas propensas a hipertensão.

 

Reações adversas

Internamente, hortelã, consumido em doses elevadas, pode causar distúrbios intestinais e dores de cabeça.

Riscos de hipertensão têm sido relatados, e a morte por ação na medula.

Interações com ervas medicinais ou suplementos

Sem interações conhecidas.

 

Interações com drogas

Conhecido resultado perigos hortelã da limitação dos efeitos de determinados medicamentos para o coração (bloqueadores dos canais de cálcio).

Também bloqueia a remoção de uma grande variedade de drogas.

O perigo vem do difícil compreensão deste fenômeno no presente.

 

Benefícios conhecidos

Hortelã é uma erva eficaz para lutar contra a flatulência e do intestino irritável.

Ela também é reconhecida por sua eficácia em inalações durante os episódios de tosse ou resfriados.

Dérmica usada reduz dores musculares, dores de cabeça e luta contra a pequena comichão (picadas de mosquito, eczema, etc.).

 

Aviso

Se a administração de ervas representa a priori seguro (exceto para crianças menores de 4 anos), o uso de óleos essenciais devem ser mais cuidadosamente, seguindo as recomendações de um médico.

Numa utilização cutânea, o óleo essencial de menta deve ser diluído num outro óleo vegetal para evitar o risco de “queima”.

ATUALIZADO: 30.09.16

 

medico emagecer mulher

>> Receitas Light para seu Dia a Dia:

Recomendados para você:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Boa tarde. Estou tomando o chá de hortelã para labirintite, estava com crises fortes. Assim que comecei a tomar o chá as crises passaram, é muito bom. Tomo sem adoçar.

  • nossa tenho uma horta com muita hortelã vou começar a usar e fazer chá gostaria de saber se podemos tomar a vontade ou tem um limite de tempo, muito obrigado agradecida Sonia.

  • Quem sofre de epilepsia e faz tratamnento com Depakine Krono 3oo mg pode tomar este chá sem problemas ?

  • Ola O cha de Hortela é o melhor cha para dores de Estomago , Eu Aurelio Ribeiro sofria de dores de Estomago o meu doutor me disse que era uma Ulsara ,Ele me asustou depois uma Senhora disse para fazer cha de Hortela logo que comesei a beber as dores comessaram a ficar mais leves ,E outra coisa tambem o Cha de Hortela faz abaixar a pressao eu andava sempre com a pressao ha 160 e a 180 desde que comesei a beber cha de ortela nao tenho mais dores de estomago como antes e a minha pressao esta ha 130 e as veses vem para 120 muito Obrigada pelo cha de Hortela. atencao nao beber muito sem ver com a maquina de pressao se esta no normal que pode decer demais e ter problemas Obrigada