fbpx
Saúde

CATARATAS: Tipos Diagnóstico e Principais Tratamentos

 

 

Quer saber tudo a catarata? O cristalino do olho é claro e transparente.

Em determinadas circunstâncias, desenvolve-se a turvação ou opacidade.

Isto obstrui que a luz seja transmitida para a retina, causando embasamento da visão.

Nestas condições é conhecida como uma catarata nos olhos.

 

FAZ COM QUE

Uma das causas mais comuns da catarata é aumento da idade que faz com que a lente endureça e vira nublada.

Outras causas menos comuns de desenvolvimento de catarata são:

• Lesões
Infecções
• Radiações
Diabetes
• Em casos raros, crianças nascem com a condição.

 

→ PRINCIPAIS DICAS FINAL DO ARTIGO

dieta.blog.br-cataratas-tipos-diagnostico-e-principais-tratamentos-2016

 

>> Recomendamos para Você:

 

Quer ver depoimentos e dicas sobre Dor nos Olhos

Deixe seu comentário no vídeo abaixo!

Trabalhamos com amor e dentro do possível seu comentário será respondido!

Este conteúdo não substitui uma consulta medica!

#dietablogbr

 

(VÍDEO) Que Médico Procurar para Dor nos Olhos? Tratamentos e Causas

 

SINTOMAS

Alguns dos sintomas da catarata previsível incluem:

• Visão turva
Visão dupla
• Distorção da imagem
• Sensibilidade ao brilho
• A necessidade de mudar frequentemente de óculos

 

TRATAMENTO

Não há nenhum remédio cientificamente comprovado que pode reduzir ou dissolver a catarata.

A remoção cirúrgica é a única opção.

Deve-se considerar cirurgia, assim como a catarata começa a interferir com o estilo de vida do paciente.

Idealmente, você deve procurar a opinião de um oftalmologista experiente antes de considerar a cirurgia.

Existem várias técnicas cirúrgicas para remoção de catarata.

O cirurgião é a melhor pessoa para decidir qual técnica é susceptível de produzir o melhor resultado.

Facectomia intracapsular: A catarata inteira é removida da lente do olho. Esta técnica é agora obsoleta e redundante.

Facectomia extracapsular: A cápsula posterior da lente não é removida e é deixada para trás, para atuar como um suporte para implante de lente intraocular.

Ambos estes procedimentos requerem uma grande incisão e pontos, que são removidos após um curto intervalo.

Faco emulsificação: essa técnica remove a catarata através de uma incisão pequena 2 mm no olho. A catarata na lente é dividida em fragmentos, e cada um desses então é liquefeito (emulsificado) usando a energia de ultrassom.

Esta técnica, geralmente, leva 5-7 minutos, dependendo da densidade da catarata.

Após a cirurgia, lentes intraoculares dobráveis (IOL) são inseridas através destas pequenas incisões.

Faco emulsificação é a cirurgia de catarata mais popular hoje em dia.

Não requer suturas, adesivos ou injeções.

A cirurgia leva muito pouco tempo e os pacientes precisam usar óculos preto/escuro por um dia ou dois.

Estas lentes são geralmente permanentes e não precisam ser alterados e são de tipos diferentes:

Mono-focal: Rotineiramente utilizados para a maioria dos casos, geralmente corrige a visão de distância, um pequeno número é deixado para a visão de perto (leitura, computador etc.).

Multifocal: Isto reduz a dependência dos óculos para ambas as distância e visão de perto.

No entanto, nem todos os pacientes são adequados para este tipo de lente e você precisa discutir com o médico sobre isso.

Lentes intraoculares tórias: Estas lentes são projetadas para reduzir o elevado número cilíndrico.

Multifocais lentes intraoculares tórias: Esta é a recente tecnologia disponível que corrige o poder cilíndrico e reduz a dependência dos óculos para ambas as distância e visão de perto.

 

PROGNÓSTICO

Cirurgias de catarata tem uma taxa de sucesso muito alta (mais de 99%).

E, no entanto importante perceber que fatores como a condição da retina, nervo óptico, doença pré-existente, amblíope (olho preguiçoso), etc. desempenham um papel muito importante na recuperação visual após cirurgia de catarata.

Às vezes pode ser difícil de diagnosticar a anormalidade antes da cirurgia por causa da catarata densa.

Na maioria das cirurgias de catarata (incluindo faco emulsificação) a parte posterior da lente (a cápsula posterior) é deixada para trás.

É geralmente clara e constitui um suporte para o implante da lente intra-ocular. Uma vez que é uma parte da lente, pode tornar-se opaca e dificultar a visão mesmo após cirurgia de tipos de catarata.

Esta condição é chamada de posterior opacificação capsular (coloquialmente conhecida como ‘Cesar’).

Ele pode desenvolver dentro de alguns meses a alguns anos da cirurgia, embora sua incidência seja reduzida significativamente com lentes flabele.

Chari é tratada como um procedimento OPD por um laser que leva cerca de 1-2 minutos apenas.

 

COMPLICAÇÕES

Se não tratada, a condição geralmente se agrava (torna-se mais turva).

Isto leva a rápida deterioração da visão e alterações erráticas em números dos óculos.

Se a catarata for deixada sem tratamento em longo prazo, pode causar glaucoma, inflamação intraocular e em algumas condições a lente ainda pode mover-se de sua posição original.

Estas complicações podem causar danos permanentes afetam a recuperação visual final mesmo depois da cirurgia e também fazem a cirurgia tecnicamente mais difícil.

 

PRECAUÇÕES

A técnica é tal que uma pessoa pode retomar seu estilo de vida normal, muito em breve.

Um pode começar a ler depois de um dia ou dois.

Enquanto o trabalho de escritório não deveria provar problemático, devem-se evitar ambientes empoeirados ou trabalho que possa causar cansaço físico.

Um também deve evitar o exercício e outros tipos de exercícios de quatro a seis semanas.

Natação deve ser evitada por dois meses pelo menos.

ATUALIZADO: 04.04.18

 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ »
→ Kiwi
→ Vinagre de Maça
→ Dieta
→ Dieta da Agua
→ Dieta para Emagrecer
→ Semolina
→ Batata Doce
→ Xanax
→ Dieta Cetogenica
→ Intoxicação Alimentar
→ Cha Verde
→ Remedio para Emagrecer