CARDÁPIO REEDUCAÇÃO ALIMENTAR PARA EMAGRECER RÁPIDO 9KG

Conheça o Cardápio de Reeducação Alimentar para Emagrecer

CARDÁPIO REEDUCAÇÃO ALIMENTAR PARA EMAGRECER RÁPIDO

“Modo de fome” é real ou imaginário?

A perda de peso é vista como uma coisa positiva.

Ela pode trazer uma melhora na saúde, melhor aparência e todos os tipos de benefícios, tanto física como mental.

No entanto, o cérebro não necessariamente vê dessa forma.

Quando você perde um monte de peso, o corpo começa a tentar economizar energia reduzindo a quantidade de calorias que você queimar.

Por isso, faz você sentir mais fome, mais preguiça e aumenta os seus desejos de comida.

Isso pode parar a perda de peso, e pode fazer você se sentir tão miserável que você abandona seus esforços para perder peso e ganhar o peso de volta.

Este fenômeno é muitas vezes chamado de “Modo de fome”, mas é realmente apenas o mecanismo natural do cérebro para protegê-lo de fome.

Felizmente, há uma série de coisas que você pode fazer para ajudar a impedir que isto aconteça, de modo que você-pode continuar a perder peso sem se torturar.

Mas antes de chegarmos a isso, deixe-me explicar o que é modo de fome, e como ele funciona.

 

O que significa “modo de fome”?

O que as pessoas se referem como “modo de fome” e às vezes “danos metabólicos” é a resposta natural do corpo para a restrição calórica em longo prazo.

Ela envolve o corpo respondendo a ingestão de calorias reduzidas, reduzindo o gasto calórico pela tentativa de manter o equilíbrio de energia e evitar a fome.

Isto é uma resposta fisiológica natural, e não é realmente controversa. É bem aceito pelos cientistas, e o termo técnico para isso é “termogênese adaptativa”.

Vou usar o termo modo de fome neste artigo, embora realmente é um equívoco porque a verdadeira fome é algo que é quase completamente chamada irrelevante para a maioria das discussões de perda de peso.

Calorias dentro, calorias para fora.

A obesidade é uma desordem de acumulação de energia em excesso.

O corpo coloca a energia (calorias) em seus tecidos de gordura, armazenando para uso posterior.

Se mais calorias entrar no tecido adiposo do que deixá-lo, nós ganhamos gordura. Se mais calorias deixam o tecido adiposo, perdemos gordura. Isto é verdade.

Praticamente todas as dietas de emagrecimento causar uma redução na ingestão de calorias. Alguns controlando calorias diretamente (contagem de calorias, pesando porções, etc), outros, reduzindo o apetite de modo que as pessoas comem menos calorias automaticamente.

No entanto, o corpo não vê isso da mesma maneira como você faz. Em muitos casos, ele vê isso como o início de fome.

Assim, o corpo luta para trás, fazendo todo o possível para fazer você parar de perder.

O corpo e o cérebro pode responder, fazendo você ter mais fome (assim você come mais, aumentando calorias), mas o que é mais relevante para essa discussão aqui é o que acontece com a quantidade de calorias que você queima.

Modo de fome implica faz seu corpo reduzir calorias realizando a tentativa de restaurar o equilíbrio de energia e impedi-lo de perder mais peso, mesmo em face da restrição contínuo de calorias.

Este fenômeno é muito real, mas se esta resposta é tão poderosa que pode impedi-lo de perder peso, ou até mesmo começar a ganhar apesar restrição contínua de calorias, não é tão certa.

 

A quantidade de calorias que você queima pode mudar

A quantidade de calorias que você queima em um dia pode ser mais ou menos dividido em 4 partes.

Taxa metabólica basal (TMB): A quantidade de calorias que seu corpo usa para manter as funções vitais, como: a respiração, frequência cardíaca e função cerebral.

Efeito térmico dos alimentos (ETA): As calorias queimadas enquanto digerindo uma refeição. Normalmente, cerca de 10% da ingestão de calorias.

Efeito térmico do exercício (ETE): As calorias queimadas durante a atividade física: tais como o exercício.

Exercício e atividade não termogênese (EANT): Calorias queimadas durante inquietação, mudando a postura, levantando, etc.

Este é geralmente subconsciente.

Todos as 4 da teses podem reduzir quando você cortar calorias e perder peso.

Trata-se de uma redução no movimento (tanto consciente e subconsciente), e uma grande mudança na função do sistema nervoso e vários hormônios.

Os hormônios mais importantes são a leptina, a hormona da tiroide e norepinefrina, todos os quais podem reduzir com restrição calórica.

Estudos mostram claramente que perda de peso reduz a quantidade de calorias que você queima.

A redução no consumo de calorias pode ser muito maior do que o que é previsto pela alteração no peso.

Por exemplo, alguns estudos mostram que a perda de manutenção e 10% do peso corporal, e pode reduzir as calorias queimadas por 15-25%.

Esta é uma das razões que emagrecimento tende a diminuir ao longo do tempo, e por que é tão difícil manter um peso reduzido.

Você pode precisar comer menos calorias para a vida!

Tenha em mente que é possível que os membros metabólicos “desaceleram” em alguns grupos que tem dificuldade em perder peso, como: nas mulheres na pós-menopausa.

 

Massa muscular tende diminuir

Outro efeito colateral de perda de peso, é que a massa muscular tende a diminuir.

Como você deve saber, o músculo é metabolicamente ativo e queima calorias o tempo todo.

Contudo, a redução no consumo de calorias é maior do que de fato pode ser explicada ‘por uma redução da massa muscular sozinha.

O corpo torna-se mais eficiente em fazer o trabalho, de modo que menos energia do que antes é necessário para fazer a mesma quantidade de trabalho.

Assim, a restrição calórica faz com que você gaste menos calorias para a atividade física (intencional ou inconsciente) que você executa.

 

Como evitar a desaceleração metabólica

Tenha em mente que seu metabolismo lento é simplesmente uma resposta natural à ingestão de calorias reduzidas.

Apesar de alguma redução na queima de calorias ser inevitável, há uma série de coisas que você pode fazer para diminuir o efeito.

 

Levantar pesos

A única coisa mais eficaz que você pode fazer é exercício de resistência.

A escolha óbvia seria a de levantar pesos, mas exercícios de peso corporal podem funcionar tão bem.

Estudos têm demonstrado que fazer exercícios de resistência, como em exercer os seus músculos contra a resistência, pode ter grandes benefícios quando você começa uma dieta.

Em um estudo, 3 grupos de mulheres foram colocadas em uma dieta de 800 calorias por dia.

Um grupo que instruído a não exercer, e um para fazer exercícios aeróbicos (cardio), enquanto o terceiro grupo fez exercícios de resistência.

Ambas as mulheres que não se exercitaram e aqueles que fizeram exercício aeróbio tinham perdido massa muscular, e tiveram uma redução significativa na taxa metabólica.

No entanto, as mulheres que fizeram exercícios de resistência mantiveram a sua taxa metabólica, massa muscular e seus níveis de força.

Isto foi confirmado em vários estudos. A perda de peso reduz a taxa muscular e metabólica, e exercícios de resistência pode (pelo menos parcialmente) impedir que isso aconteça.

 

Mantenha proteína em alta

A proteína é o rei dos macronutrientes quando se trata de perder peso.

Ter um alto consumo de proteínas pode reduzir o apetite e aumentar o metabolismo por 80 a 100 calorias por dia.

Por isso, pode cortar os desejos de reduzir lanches à tarde da noite e fazer você comer menos calorias por dia.

Quando sua ingestão de proteínas é alta, seu corpo vai ser menos exposto a quebrar seus músculos em energia.

 

Fazendo uma pausa na sua dieta pode ajudar

Algumas pessoas gostam de incluir rotineiramente alguns alimentos, onde eles fazer uma pausa de sua dieta por alguns dias.

Nesses dias, eles podem comer um pouco acima da manutenção, em seguida, continuar com a sua dieta.

Há alguma evidência de que os membros desta dieta aumentar temporariamente algumas das hormonas, baixando junto com a perda de peso, tais como leptina e da tireoide.

Por isso, pode ser útil para fazer uma pausa mais longa, como em poucas semanas.

Apenas certifique-se de estar consciente de que você está comendo durante o intervalo. Comer para manutenção, ou um pouco mais, mas não tanto ou você começara a ganhar gordura novamente.

Esteja preparada para ganhar alguns quilos dos alimentos e de água aumentada. Isso não é nada para se preocupar.

 

A perda de peso pode ser causada por muitas coisas

Quando as pessoas começam a perder peso, as coisas podem acontecer muito rapidamente no início.

Nas primeiras semanas e meses, o peso diminui rapidamente e sem muito esforço.

Entretanto, as coisas abrandam depois disso. Em alguns casos, a perda de peso diminui tanto que muitas semanas podem passar sem qualquer movimento perceptível na balança.

A perda de peso pode ter muitas causas diferentes (e soluções), e isso não significa necessariamente que você não está perdendo peso.

 

“Modo de fome” é real?

Modo de fome é real, mas não é tão poderoso como algumas pessoas pensam.

Ele pode fazer a perda de peso diminuir ao longo do tempo, mas não vai fazer com que alguém ganhe peso, apesar da restrição de calorias.

Portanto, não é um fenômeno para alguns, as pessoas parecem pensar.

Modo de fome é realmente um termo terrivelmente impreciso. Algo como “adaptação metabólica” ou “diminuição metabólica” seria muito mais adequado.

Isto é simplesmente resposta fisiológica natural do organismo a ingestão de calorias reduzidas. Sem ele, os seres humanos teriam se tornados extintos a milhares de anos atrás.

Infelizmente, essa resposta protetora pode causar mais mal do que bem, onde superalimentação é uma ameaça para a saúde humana do que a fome.

 

(VÍDEO) 40 Dicas de Motivação Para Emagrecer (PARTE 1)

 

(VÍDEO) 40 Dicas de Motivação Para Emagrecer (PARTE 2)

 

(VÍDEO) 40 Dicas de Motivação Para Emagrecer (PARTE 3)

 

(VÍDEO) 40 Dicas de Motivação Para Emagrecer (PARTE 4)

 

>> Cardápio a base de ovo cozido

 

Café da Manhã

Opção 1: 01 copo de leite de soja, 02 fatias de pão de forma integral, 01 col sopa de geleia diet

Opção 2: 02 fatias de pão de forma integral, 01 col sopa de cream cheese,01 iogurte light

Opção 3: 01 unid de pão francês integral, 01 fatia de ricota, ½ xícara de salada de frutas

Opção 4: 01 copo de leite integral batido com mamão, banana e laranja, 02 torradas integrais

 

Lanche da Manhã

Opção 1: 01 fatia de melão

Opção 2: 01 unid kiwi

Opção 3: 01 banana maçã

Opção 4: 01 unid de maçã

 

Almoço

Opção 1: 01 prato de sobremesa de salada de rúcula, palmito e tomate, 01unid ovo poche, 02 floretes de couve-flor ao vapor

Opção 2: 01 prato de sobremesa de salada de alface, cenoura ralada e almeirão,01 pires de tomates secos e ovos cozidos com ervas,02 col sopa de arroz integral, 01 col sopa de lentilha

Opção 3:01 pires de salada de beterraba e cenoura ralada, 02 col sopa de arroz com peito de frango e ovos cozidos, 02 col sopa de feijão

Opção 4: 01 prato de sobremesa de salada de alface, rúcula e tomate, 01 pegador de salpicão de frango com ovo cozido

 

Café da Tarde

Opção 1: 01 taça de gelatina

Opção 2: 01 unid de iogurte light

Opção 3: 05 biscoitos integrais

Opção 4: 02 cookies integrais

 

Jantar

Opção 1: 01 pires de salada verde,01 escumadeira de escarola refogada com ovo cozido, 02 col sopa de arroz branco

Opção 2: 01 prato de sopa de canja de frango com ovo cozido

Opção 3: 01 prato de sobremesa de alface, tomate e pepino, 01filé de frango com ovos cozidos e queijo

Opção 4: 01 pires de salada de alface e tomate, 02 batatas coradas,01 fatia de torta de frango com palmito e ovo cozido

 

Ceia

Opção 1: 01 xícara de chá de camomila

Opção 2: 05 morangos

Opção 3: 01 damasco seco

Opção 4: 02 ameixas vermelhas

medico-emagecer-mulher-projeto-novo

PERDER PESO DE FORMA SAUDÁVEL »

DICAS DE SAÚDE E BEM ESTAR »

Recomendados para você:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *