Cardápio Dieta Pós Parto Para Emagrecer: Cardápio 2016

Tudo Sobre Cardápio Dieta Pós Parto Para Emagrecer: Cardápio 2016

Cardapio_Dieta_Pos_Parto_Para_Emagrecer_Cardapio_2015_mini

Os 10 Melhores Alimentos para Gravidez

Comendo por dois pode ser uma responsabilidade estressante, especialmente com tantas informações conflitantes.

É importante comer peixe suficiente, ou contém muito mercúrio? Precisa de carne para proteína, ou é demasiado gorda? Os ovos fazem bem, ou eles têm muito colesterol?

É suficiente para fazer você querer vomitar e mergulhar nas barras de chocolate. Mas existem muitas maneiras de garantir que você e seu bebê são ambos recebendo os nutrientes que precisam.

 

> Ovos

É incrível o ovo tem apenas 90 calorias.

Além de mais de 12 vitaminas e minerais, os ovos contêm muitas proteínas de qualidade, que é essencial para a gravidez.

As células do seu bebê estão crescendo a uma taxa exponencial, e cada célula é composta por proteínas. Além disso, como uma mulher grávida, você tem suas próprias necessidades de proteína.

O ovo também é rico em colina, que promove crescimento e cérebro saudável geral do seu bebê, ajudando a prevenir defeitos do tubo neural. Alguns ovos nem contêm gorduras Omega-3, importantes para o desenvolvimento do cérebro e para melhorar visão.

E enquanto os ovos são ricos em colesterol, são também relativamente baixa em gordura saturada, com apenas cerca de 1 1/2 gramas por ovo.

Mulheres saudáveis com colesterol no sangue normal podem consumir um ou dois ovos por dia como parte de uma dieta equilibrada, pobre em gordura saturada. Mas se o colesterol é uma preocupação para você, substitua as claras de ovos inteiros.

 

>> Recomendamos Para Você:

 

(VÍDEO) Como Emagrecer Depois da Gravidez – Novo Cardápio

 

> Salmão

Não só é salmão rico em proteínas de alta qualidade, mas também é uma boa fonte de gorduras omega-3, que são bons para o desenvolvimento do seu bebê – e pode ajudar a impulsionar o seu humor.

E ao contrário do peixe-espada, cavala, tilefish e tubarão, o salmão tem baixas quantidades de metil mercúrio, um composto que pode ser prejudicial para o seu bebê que está desenvolvendo o sistema nervoso.

Lembre-se de que, mesmo para salmão e outros peixes do baixo-mercúrio, tais como o atum enlatado light, o FDA recomenda comer não mais de 300g por semana para evitar ingerir demasiado mercúrio.

 

> Feijão

Feijões, lentilhas, grão de bico são tantas para escolher. Feijões contêm mais fibra e proteína de todos os legumes.

Você já sabe o que é importante para obter proteína suficiente durante a gravidez, mas você não pode ainda perceber que a fibra pode se tornar seu novo melhor amigo.

Quando você está grávida, seu trato gastrointestinal desacelera, colocando você em risco de constipação e hemorroidas. Fibra pode ajudar a prevenir e aliviar estes problemas.

 

> Batata-doce

Batata doce contem carotenoides, pigmentos vegetais que são convertidos em vitamina A no nosso corpo.

Embora consumir demais “pré-formada” vitamina A (encontrada em fontes animais, como fígado, leite e ovos) pode ser perigoso, carotenoides são um tipo diferente.

Eles são convertidos em vitamina A apenas conforme o necessário, então não há nenhuma necessidade de restringir seu consumo de frutos ricos em vitamina A e vegetais.

Batatas-doces também é uma grande fonte de vitamina C, ácido fólico e fibra. E como o feijão, eles são baratos e versáteis.

 

> Pipoca e Outros Cereais Integrais

Sim, você leu certo. A pipoca é um grão inteiro. Cereais integrais são importantes na gravidez, porque eles são ricos em fibras e nutrientes, incluindo a vitamina E, selênio e fito nutrientes (compostos de plantas que protegem as células).

Mas não pare na pipoca: há uns lotes de outros grãos inteiras lá fora, de aveia, de cevada.

 

> Nozes

Nozes são uma das mais ricas fontes de ômega-3, à base de plantas. Um punhado de nozes é uma ótima opção para um lanche ou um complemento a uma salada.

Enquanto ômega-3 à base de plantas não fornece grande parte de DHA que irão beneficiar o seu bebê, eles ainda estão bons para ambos. As nozes também são uma boa fonte de proteína e fibra.

 

> Iogurte Grego

Iogurte grego normalmente tem duas vezes a proteína de iogurte regular, tornando-se um dos melhores alimentos de gravidez. E qualquer tipo de iogurte é uma grande fonte de cálcio, que é vital em uma dieta de gravidez.

Se não tomarem em cálcio suficiente, a quantidade limitada que você tem vai para seu bebê, esgotando o cálcio nos ossos.

O objetivo durante a gravidez é certificar-se de que você fornecer tudo que seu bebê precisa sem sacrificar a sua própria saúde e nutrição.

 

> Vegetais Verdes, com Folhas Escuras.

Espinafre, couve, acelga e outros vegetais de folhas verdes são carregados com vitaminas e nutrientes, incluindo vitaminas A, C e K, bem como o ácido fólico muito importante.

 

> Carnes Magras

Carne é uma excelente fonte de proteína de alta qualidade. Ao comprar carne vermelha em particular, procure cortes que são cerca de 95 a 98% sem gordura.

Carne de porco se destaca entre outras carnes porque eles contêm colina além de proteína.

 

> Vegetais e Frutas Coloridas

Comer a abundância alimentos verdes, vermelho, laranja, amarelo, roxo e branco, frutas e legumes garantem que você e seu bebê receba uma variedade de nutrientes.

Cada grupo de cor fornece diferentes vitaminas e minerais. Outra vantagem de comer todo o espectro de frutas e vegetais: durante os últimos estágios da gravidez, é muito importante.

Então se você expor seu bebê a uma variedade de frutos sadios e legumes no útero, você vai aumentar a chance de que seu bebê irá reconhecer e aceitar aqueles sabores mais tarde.

 

(VÍDEO) Nova Dieta para Emagrecer Rápido Depois do Parto

 

>> SUGESTÃO DIETA PÓS-PARTO

CAFÉ DA MANHÃ:

Opção 1:
1 xícara de leite desnatado com café
1 fatia de pão de forma integral com cream creese light
½ mamão papaia com chia

Opção 2:
Suco DETOX
1 fatia de pão de forma integral com requeijão light

Opção 3:
1 copo de leite desnatado com café
Banana com aveia e chia
1 torrada com queijo cottage

 

LANCHE DA MANHÃ:

Opção 1:
1 fatia de abacaxi

Opção 2:
2 ameixas

Opção 3:
1 ameixa

 

ALMOÇO:

Opção 1:
Salada verde variada e à vontade + grupo de alimentos liberado
1 colher (sopa) de arroz integral
1 colher de sopa de lentilha
Abobrinha a parmegiana
Gelatina natural

Opção 2:
Salada verde variada e à vontade + grupo de alimentos liberado
1 colher (sopa) de arroz integral
1 colher (sopa) de feijão
1 filé de frango ou de peixe
Cenoura sautê
Pera

Opção 3:
Salada verde variada e à vontade + grupo de alimentos liberado
1 colher (sopa) de arroz integral
1 colher (sopa) de lentilha
Bife à role com cenoura
Melão

 

LANCHE DA TARDE:

Opção 1:
Iogurte desnatado com banana e granola sem açúcar

Opção 2:
Mexerica
1 torrada com manteiga

Opção 3:
1 pedaço de bolo simples sem recheio e cobertura
1 copo de chá natural gelado

 

JANTAR:

Opção 1:
Salada verde variada e à vontade + grupo de alimentos liberado
Filé de frango grelhado
Purê de mandioquinha
Melão

Opção 2:
Salada verde variada e à vontade + grupo de alimentos liberado
1 colher (sopa) de arroz integral
1 colher (sopa) de feijão)
Nuggets de frango caseiro
Purê de batata
Melancia

Opção 3:
Salada verde variada e à vontade + grupo de alimentos liberado
1 sanduíche natural de atum ou frango ou ricota

 

(VÍDEO) Atraso na Menstruação é Normal? Tire Suas Duvidas

 

Perder Peso após o Parto

Para perda pós-parto você tem que prestar atenção a sua dieta padrão.

Em vez de sua ingestão habitual de trigo, arroz ou outras formas de carboidratos teriam as frutas e legumes alimentos incluídos no formato bruto. Não cozinhem eles completamente.

Deixe todas as suas refeições na primeira semana de frutas, enquanto que as únicas na segunda semana seriam legumes.

Mudar esse padrão de dieta até que você veja a diferença.

Sobre a perda de peso pós-parto você precisa ir em frente e entrar em uma academia de treino em uma base diária.

Certifique-se de que o seu tempo de treino não é menos de uma hora e meia todos os dias que é o mais seguro.

Após a primeira semana de exercícios de treinamento preliminares que você precisa o tempo e o nível de dificuldade de seus programas de treino pode aumentar.

Considere limpo o próximo programa de um renomado cólon e desintoxicação.

Fazer um estudo aprofundado dos diferentes programas que estão lá fora e escolher qual melhor lhe convier.

Há uma série de opções de desintoxicação disponíveis, de desintoxicação com gengibre para açaí, suco detox.

Escolha um que não seria muito caro, porque você tem que segui-lo por um período muito longo.

Após o parto você poderia considerar reduzir o número de refeições por dia, se você não quer seguir o plano de dieta de frutas e legumes.

Se você faz três lanches por dia ou dois lanches para comer em vez disso seria melhor se você pudesse trazê-lo para baixas com duas refeições e dois lanches durante a meia hora do chá.

Diria que perder pós-peso da gravidez que você diz a si mesmo que este programa específico é difícil em qualquer caso, e ele vai realmente precisar de um monte de força de vontade para seguir em frente.

Lembre-se sempre que a mente tem o poder de fazer maravilhas e isso vale também para lidar com seu corpo.

ATUALIZADO: 18.10.16

 

medico emagecer mulher

 

>> RECOMENDAMOS PARA VOCÊ:

Recomendados para você:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *