Cardápio Dieta para Controlar a Tireoide que Engorda

Tudo Sobre Cardápio Dieta para Controlar a Tireoide que Engorda

Dieta para Controlar a Tireoide que Engorda

8 alimentos que auxiliam no funcionamento da tireoide

A glândula tireoide fica localizada no pescoço próximo ao tórax, glândula tem um formato parecido com uma borboleta, ela é responsável por liberar hormônios importantes para o funcionamento de todo o organismo.

Se a tireoide ficar desregulada, por exemplo: hipotireoidismo (tireoide lenta: produção insuficiente de hormônios) ou hipertireoidismo (tireoide acelerada: produção exagerada de hormônios).

Isso vai trazer alterações negativas no corpo pois o ideal é que ela funcione fornecendo hormônios o suficiente e trabalhando corretamente.

15% da população acima de 45 anos sofre de problemas na tireoide. Entre as causas de mau funcionamento uma dieta desequilibrada e falta de iodo e selênio na alimentação são os principais vilões.

Então vamos passar uma lista com oito dos alimentos a ajudam no bom funcionamento da Tireoide.

Cardápio Dieta para Controlar a Tireoide que Engorda 2

 

>> Recomendamos para Você:

 

(VÍDEO) 5 Sinais de Tireoide

 

(VÍDEO) Como tratar a tireóide

 

(VÍDEO) TIREOIDE – HIPER E HIPOTIREOIDISMO

> Algas marinhas

Algas marinhas são uma ótima fonte de iodo e ainda oferecem uma quantidade considerável de selênio, são nutrientes fundamentais para a produção de hormônios pela tireoide, Mas não abuse no consumo.

Assim como o sal já é rico em iodo, a ingestão reforçada desse alimento deve ser feita apenas para pessoas que sofram de deficiência desse elemento.

O consumo de iodo em excesso de pode levar ao hipotireoidismo, que significa baixa produção de hormônios pela tireoide.

Um adulto saudável precisa de 150 microgramas por dia, que pode ser consumida sem qualquer adição extra de sal à comida pronta.

 

> Castanha-do-pará

A castanha-do-pará serve de matéria-prima para a produção de hormônios pela tireoide, pois ela é rica em selênio e ômega-3, uma gordura poli-insaturada. O ideal é colocar pelo menos 2 castanhas em nosso cardápio todos os dias.

Alguns especialistas sugerem adicionar a oleaginosa triturada (Castanha) em saladas, no arroz, em saladas de frutas ou até empanando peixes, consumir a castanha com moderação, já que ela é altamente calórica. Uma única unidade oferece 27 calorias.

 

> Quinoa ou quinua

Comparada com á soja por ser uma ótima fonte de proteínas vegetais a Quinoa é rica em cálcio, fero, fibras, magnésio, potássio e zinco. Quando o assunto é tireoide ela ganha destaque pela quantidade de selênio.

A dose recomendada de Quinoa é 2 colheres por semana, ela pode ser adicionada à salada, ao risoto ou, no caso da versão em flocos, a frutas e shakes.

 

> Óleo de peixe

Rico em iodo assim como as algas marinhas o óleo de peixe pode ser consumido em forma de suplemento duas cápsulas de 1.000 mg por dia ou seria necessário 120 g de peixes como: salmão, sardinha e atum 3 vezes na semana.

O nutriente também pode ser encontrado em opções vegetais, como a chia e a linhaça.

 

> Leite e derivados

Dois dos principais nutrientes responsáveis pelo bom funcionamento da tireoide é encontrado no leite.

A vitamina A e iodo são encontrados não só no leite mais em seus derivados também, a quantidade recomendada é de 3 poções diárias podendo ser um copo de leite no período da manhã, um iogurte à tarde e duas fatias de queijo branco no fim do dia.

 

> Gema do ovo

A gema do ovo ajuda na boa saúde dos olhos por ter componentes antioxidantes, e nela se encontra uma pequena porção de iodo que é importante para a produção de hormônios pela tireoide.

Na gema contem carotenoides que são uma pré-vitamina A, também importante para a glândula.

Uma parte da vitamina A que o corpo recebe já vem pronta e outra parte vem por meio de nutrientes que o próprio corpo transforma em vitamina A, que é o caso dos carotenoides.

 

> Carne vermelha

Importante na produção hormonal a carne vermelha é fonte de zinco e selênio. Mas cuidado a carne pode se tornar uma vilã.

Coma 3 bifes médios por semana que possua quantias consideráveis de gordura saturada, cuidado quantidades elevadas pode prejudicar seu organismo.

 

> Laranja

A laranja pode auxiliar no bom funcionamento da tireoide, pois é rica em carotenoides e vitamina C. Recomenda-se uma laranja por dia, por a laranja é altamente calórica e sua ingestão deve ser controlada.

E lembre-se um copo de suco tem cerca de aproximadamente três laranjas.

 

>> SUGESTÃO DE CARDÁPIO TIROIDE:

> Café da manha

½ batata yacon + 1 pera ou 1 mamão + 1 fatia de queijo minas + 2 torradas integrais + 1 xicara de café com leite desnatado e adoçante

 

> Lanche da manha

½ batata yacon descascada e crua + 2 damascos

 

> Almoço

½ concha de arroz integral + ½ de feijão + salada verde bem variada á vontade (brócolis, chuchu, vagem, couve-flor, alface, pepino) +1 verdura refogada de sua preferencia + 1 carne magra grelhada ou cozida + gelatina diet de sobremesa.
> Lanche da tarde

1 fruta + barra de cereal + 2 castanhas do para

 

> Jantar

O mesmo almoço

 

> Ceia

1 copo de leite de soja ou leite desnatado batido com 3 colheres de gelatina pronta ou 1 copo de leite de soja ou leite desnatado batido com 2 morangos ou 3 damascos.

 

(VÍDEO) Tireoide P1 (anatomia, histologia e fisiologia)

Comer direito para suportar a função da tiroide.

Quando você tem hipotireoidismo, ou uma disfunção da tiroide os sintomas podem incluir fadiga, depressão, constipação e outros problemas de saúde mais graves.

Felizmente, comer certos alimentos pode ajudar a aumentar a eficácia da sua tireoide uma pequena glândula em forma de borboleta em seu pescoço com um grande papel na forma como seu corpo funciona.

A tireoide produz hormônios que regulam o humor, o metabolismo, níveis de energia, temperatura corporal, frequência cardíaca e pressão arterial.

O hipotireoidismo ocorre quando esta glândula não está a produzir hormônios suficientes.

Junto com tomar a sua medicação da tireoide, você pode reforçar a função da tireoide com uma dieta bem equilibrada que inclui lotes de produtos e proteína, entre outros alimentos saudáveis.

A próxima vez que você está no supermercado, olhar para estes sete alimentos ricos em nutrientes.

 

1. Peixe

Os ácidos ômegas -3 gordos encontrados nos peixes gordos como o salmão selvagem, truta, atum ou sardinhas fazer este alimento uma excelente escolha para o almoço ou jantar.

Hipotireoidismo Sem treinador pode aumentar o risco de doença cardíaca como um resultado de níveis mais elevados de lipoproteína de baixa densidade (LDL), do colesterol “mau”.

“Ômega-3 são conhecidos para diminuir a inflamação, ajuda com a imunidade, e diminuir o risco de doença cardíaca”, acrescenta ela.

O peixe é também uma boa fonte de nutriente o selênio, que é mais concentrada na tiroide.

Selênio também ajuda a redução da inflamação.

 

2. Nozes

Outra grande fonte de selênio, nozes fazer um lanche prático que você pode tomar em qualquer lugar. Eles também vão bem a saladas ou frituras.

Castanha do Brasil, nozes de macadâmia e avelãs são particularmente elevados em selênio, o que ajuda a função da tireoide corretamente.

Com castanha do Brasil, você só precisa comer um ou dois; com outros frutos secos, um pequeno punhado é suficiente para obter os seus nutrientes diários.

E não se esqueça de manter um olho no tamanho da porção, como nozes são também muito ricas em gordura.

 

3. Grãos integrais

A constipação é um sintoma comum de hipotireoidismo.

Alimentos de grãos integrais, como cereais, pão, massas e arroz são ricos em nutrientes, além de fibras, que podem ajudar com regularidade intestinal.

No entanto, a fibra pode interferir com hormonas da tiroide sintéticas.

Algumas pessoas com hipotireoidismo optar por evitar grãos integrais por completo, mas se você optar por comê-los, a recomendação é tomar a sua medicação tiroide várias horas antes ou depois de comer alimentos ricos em fibras dietéticas.

 

4. Frutas e legumes frescos

Um sintoma precoce de hipotireoidismo é o ganho de peso.

De baixa caloria, de alta densidade alimentos, tais como produtos frescos é a pedra angular de qualquer programa de perda de peso bem sucedida. Incluem tanto frutas frescas ou legumes em cada refeição, se possível.

Alimentos específicos como amoras, cerejas, batatas-doces e pimentas verdes também são ricos em antioxidantes, nutrientes que são conhecidos por reduzir o risco de doença cardíaca.

No entanto, as pessoas com hipotireoidismo pode querer limitar a sua ingestão de vegetais crucíferos, como brócolis e repolho, de 5 onças por dia, como eles podem bloquear a capacidade do tiroide para absorver o iodo , que é essencial para a função normal da tireoide

 

5. Algas marinhas

As algas têm uma concentração elevada de iodo, um nutriente essencial para a função da tiroide.

“O iodo é o precursor para a produção do hormônio da tireóide”.

Algas, empacotado como nori , wakame e dulse pode ser usado em sushi, sopas e saladas. Outra vantagem Alga oferece benefícios nutricionais de fibras, cálcio e vitaminas A, B, C, E e K.

Você pode ter muito iodo, que pode agravar doenças da tireoide.

Certifique-se de conversar com seu médico antes de aumentar a ingestão de iodo.

 

6. Laticínios

Existe uma associação entre a deficiência de vitamina D e doença de Hashimoto, a causa mais comum de hipotireoidismo, de acordo com um estudo publicado.

O leite fortalecido com não só tenha adicionado vitamina D, mas também quantidades significativas de proteínas, cálcio, e iodo.

Porque Hashimoto também pode levar a mudanças que contribuem para problemas como azia, alimentos como iogurte com boas bactérias pode ajudar a regular outras bactérias.

 

7. Feijões

Um alimento barato e versátil, o feijão é uma grande fonte de energia sustentada, o que pode ser útil se deixa hipotireoidismo você sentimento drenado.

O feijão contém proteínas, antioxidantes, carboidratos complexos, e cargas de vitaminas e minerais.

Eles também são ricas em fibras, o que pode ser benéfico se você sofre com a prisão de ventre, um efeito colateral comum de hipotireoidismo.

Se você é novo para o feijão, há muitas variedades para tentar, todos os quais podem ser utilizados como base para entradas, como pratos laterais, e para melhorar a sopas, saladas e ensopados.

Apenas certifique-se para não exagerar algumas diretrizes recomendam que os adultos obtenham 20 a 35 gramas de fibra por dia, mas o excesso de fibra pode interferir com o seu tratamento de hipotireoidismo.

ATUALIZADO: 23.06.16

rp_medico-emagecer-mulher-projeto-novo-1-197x300.jpg

 

>> RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

Recomendados para você:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *