Alimentação Noturna: Saiba o que é Verdade e Mito

Tudo sobre Alimentação Noturna suas Verdades e Mitos

alientacaonoturna

A alimentação pela noite é assunto polêmico, com muitas dúvidas.

É importante conhecer os mitos e verdades acerca do assunto para manter o corpo em forma e hábitos alimentares saudáveis.

A primeira questão é referente à alimentação noturna saudável após as 18 horas e então ganho de peso. Trata-se de mito, e é técnica de muitas pessoas com as dietas.

O ideal é realizar refeições mais leves pelo período noturno. Para os adeptos da atividade física na parte da noite, é fundamental a refeição completa. Nesse aspecto, o mais importante é a composição e valor calórico no cardápio.

Mais uma dúvida é referente aos carboidratos pela noite, se são prejudiciais.

Não são prejudiciais pela noite, mas é importante lembrar que o excesso é sempre prejudicial, e a recomendação é optar por fontes de carboidratos de baixo índice glicêmico, que promovem saciedade e são ricos em fibras.

Os carboidratos devem compor as principais refeições.

dieta.blog.br.alimentacao-noturna-saiba-o-que-verdade-e-mito

>> Recomendamos para Você:

 

Assista aos 2 vídeos abaixo e saiba mais informações sobre os alimentos ideias para se comer anoite, faça uma alimentação noturna correta:

 

E a prática das atividades físicas em horário noturno não prejudica a digestão. Somente surgem problemas da digestão com o consumo grande e então exercício em seguida. Não há complicação para prática do exercício e alimentação posterior.

Já o leite é interessante para facilitar o sono, este rico em componentes com ação para regular o sono. O copo de leite morno, anteriormente à ida para cama, pode gerar sensação confortável e relaxada para dormir.

Já dormir com sensação de fome é prejudicial. Com aspectos negativos pelo dia a dia, sendo o estresse um exemplo. O sono também é prejudicado e a alimentação noturna para emagrecer pelo dia seguinte pode estar desequilibrada.

Mas dormir com estômago cheio é prejudicial para o sono também. Pois a digestão dos alimentos em excesso de gordura ou proteína é mais lenta. O ideal é evitar refeições pesadas durante a noite.

Alguns alimentos que são ricos em proteína magra contribuem para saciedade pela noite, como no caso do queijo branco. Alguns chás são excelentes para digestão, como de gengibre, limão taiti, camomila e menta.

Já os chás contendo bastante cafeína não são indicados, como mate, interferindo no sono.

A noite de sono tranquila é dependente da alimentação noturna. Hábitos inadequados, como comer em excesso anteriormente ao sono, pode ser motivo para insônia, má digestão, aumento do peso, apneia do sono, refluxo e ainda doenças respiratórias.

O ideal é optar por alimentos com menos calorias, com facilitada digestão, sem conter gordura, e com teor baixo de açúcar e sódio.

Devem ser eliminados os doces, chocolate, chá mate, café e chá branco pela noite.

Os itens de difícil digestão são os gordurosos como no caso da salsicha, frituras, salame, creme de leite, manteiga, dentre outros mais. O erro maior na alimentação noturna para bebês pela noite é o consumo da refeição exagerada.

O estresse pelo dia inteiro, por muitas vezes, gera a fome compulsiva, anterior ao sono, assim como a ingestão de alimentos muito calóricos e gordurosos.

A digestão é prolongada, com tempo maior para esvaziamento gástrico, e risco de sono atrapalhado. Os detalhes da alimentação noturna devem ser considerados para vida saudável.

ATUALIZADO: 03.11.16 (INFOGRÁFICO)

 

medico-emagrecer-mulher-projeto-novo-1-197x300_mini

 

>> RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

 

Recomendados para você:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *