Alimentação na Menopausa: Tire Aqui Suas Duvidas (2016)

Tudo Sobre Alimentação na Menopausa

Alimentação na Menopausa: Tire Aqui Suas Duvidas

5 Alimentos Que Curam os Problemas da Menopausa

 

As mulheres precisam de uma variedade de alimentos com nutrientes que revitalizem seus corpos durante a menopausa, evitando os sintomas desconfortáveis que possam surgir.

Cálcio, ferro e fibras estão entre os elementos importantes em uma dieta que aliviam ou previnem problemas que ocorrem durante a menopausa.

Aqui estão cinco alimentos que devem ser incluídos em sua dieta para aliviar os sintomas da menopausa como: fogachos, suores noturnos, mudanças de humor, queda de cabelo e secura vaginal.

 

1. Fruta:

A fruta contêm fibras saudáveis.

As mulheres adultas precisam de pelo menos 21 gramas de fibra diariamente, o que equivale a pelo menos 1 ½ xícara de frutas por dia para facilitar as condições da menopausa.

As dietas ricas em frutas, juntamente com legumes e massas, compõem um plano de refeições ao estilo do mediterrâneo que ajudam a prevenir os sintomas da menopausa.

 

2. Cereais integrais:

Pães integrais, massas, cereais e alimentos de grãos como o arroz integral fornecem fibras.

Cevada e aveia são outros exemplos de grãos integrais que ajudam a restaurar os níveis de estrogênio em mulheres na pré-menopausa.

Os cereais integrais também contêm carboidratos de baixo índice glicêmico para a energia.

Evite grãos refinados, como pão e branco e batatas, pois eles enviam glicose na corrente sanguínea rapidamente e causam mudanças de humor e ganho de peso.

 

3. Linhaça:

A linhaça contêm os ácidos gordos ômega-3, que aliviam a secura vaginal e cuidam da pele e do cabelo.

Acrescente as sementes na aveia, cereais, iogurte ou saladas.

Alimentos ricos em ômega-3 ajudam a limpar as artérias para protegê-las contra as doenças cardíacas.

 

4. Peixe:

Ele é rico em ferro, que alivia os sintomas da menopausa. É uma alternativa saudável para as carnes gordas e aves. As mulheres mais velhas precisa de 8 miligramas de ferro por dia.

Salmão, cavala, truta, atum e o arenque estão entre os peixes com maiores níveis de ácidos graxos ômega-3. Estes compostos protegem as mulheres do risco de doenças cardíacas durante a menopausa.

 

5. Iogurte:

Este produto lácteo fornece cálcio, que protege contra os sintomas da menopausa.

O cálcio protege as mulheres contra a osteoporose, uma doença do osso que ameaça degenerar os corpos com mais freqüência durante a menopausa devido à perda dos níveis de estrogênio.

Leite, queijo e sardinha com ossos são ricos em cálcio.

>> Recomendamos para Você:

(VÍDEO) Nova Dieta Para Reduzir Sintomas da Menopausa

(VÍDEO) Dicas de Alimentos que Melhoram a Menopausa

 

(VÍDEO) Alimentação na Menopausa

 

(VÍDEO) Dicas de Alimentação na Menopausa

 

>> Perder Peso Alivia os Sintomas e Desconfortos da Menopausa

 

Mulheres que sofrem todo o tempo com os fogachos e os suores da menopausa, devem reduzir a obesidade. Um estudo mostra isso e também explica por que deve ser assim.

Pelo menos uma em cada três mulheres tem ondas de calor durante a menopausa e depois, ao longo dos anos.

Algumas mulheres sentem esses suores pós-menopausa por até dez e relatam estes episódios diariamente ao seu ginecologista..

 

> As mulheres obesas têm mais afrontamentos

Um estudo da Universidade de Pittsburgh, sob direção de Rebeca Tavares descobriu qual é o papel das ondas de calor e quais os mecanismos que estão por trás disso.

Os cientistas olharam para mulheres obesas durante a menopausa. Todas sofreram fortemente de afrontamentos.

Elas foram divididas em dois grupos: o primeiro participou de um programa de redução de peso de pelo menos seis meses, o outro grupo (grupo controle) foi dito que ela estaria na lista de espera para um ensaio clínico.

As mulheres relatavam os seus sintomas e suas percas de peso, em seguida elas foram monitoradas todos os dias.

Os pesquisadores documentaram a frequência das ondas de calor durante seis meses.

> Depois de reduzir os afrontamentos.

Após um período de estudo de seis meses, as senhoras do primeiro grupo perderam em média 10,7 % do seu peso e 4,7 % de sua gordura corporal.

Além disso, os suores e afrontamentos aconteciam de forma significativamente menos provável do que no início do estudo e ao mesmo tempo de forma mais branda.

No grupo de controle, não havia quase nenhuma mudança no peso ou no tecido gorduroso. O número de fogachos permaneceu o mesmo.

O tecido gordurosos produz estrogênio da forma errada.

O motivo pelo qual acontecem esses afrontamentos podem estar relacionados as diferentes formas de estrogênio do corpo.

Os ovários durante as alterações hormonais produzem especialmente um certo tipo de estrogênio, que pode causar enormes ondas de calor na menopausa.

Além disso, o tecido adiposo forma outro tipo de estrogênio.

A suposição de que o estrogênio produzido pela gordura diminui os sintomas da menopausa é totalmente errado. Esta variação de hormônio provoca a descarga dos sintomas.

Isso pode explicar por que as mulheres com excesso de peso na menopausa tem mais suores e as mulheres magras mal conhecem estes sintomas.

Pesquisadores querem examinar este tópico mais precisamente em outros estudos.

rp_medico-emagecer-mulher-projeto-novo-24-197x300-197x300.jpg

» RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

» DICAS PARA EMAGRECER SEM PASSAR FOME:

 

» DICAS DE SAÚDE E BEM ESTAR:

Recomendados para você:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *