17 PRINCIPAIS BENEFÍCIOS DA CIRURGIA BARIÁTRICA (2016)

Saiba os Benefícios da Cirurgia Bariátrica

17 PRINCIPAIS BENEFÍCIOS DA CIRURGIA BARIÁTRICA

Os benefícios de saúde de Cirurgia Bariátrica além da perda de peso – são reais?

A cirurgia bariátrica é um termo usado para descrever grande parte das operações para perda de peso em pessoas com obesidade.

Quando estes procedimentos foram, há muitas décadas, desenvolvidos, foram concebidos apenas para perda de peso e foram associados à inúmeras complicações cirúrgicas e não cirúrgicas.

No entanto, duas grandes mudanças têm ocorrido recentemente, que mudam a maneira como pensamos sobre a cirurgia bariátrica.

Em primeiro lugar, os principais procedimentos que são usados – bypass gástrico/gastroplastia redutora, gastrectomia vertical e banda gástrica ajustável – são considerados seguros, especialmente nas mãos de um cirurgião experiente, em um hospital confiável e quando os benefícios X riscos da cirurgia são revistos para paciente e se os benefícios compensam claramente os riscos.

A fim de melhor compreender esta ideia, vamos rever alguns avanços recentes na forma como lidamos com obesidade.

No passado, a obesidade era considerada uma condição definida exclusivamente por um excesso de gordura corporal, determinada por um índice de massa corporal (IMC) maior do que 30 e tratado com o aviso para comer menos ou o momento de iniciar uma dieta e se exercitar mais.

Hoje em dia, com o benefício da crescente pesquisa científica e informações do ensaio clínico, a obesidade é considerada uma doença mais complexa, a qual envolve quase todas as partes do corpo e associa-se à muitas outras “complicações relacionadas à obesidade.

 

>> Complicações relacionadas com a obesidade incluem:

 

A resistência à insulina, uma condição onde há insulina presente, mas não funciona tão bem como deveria;

Diabetes do tipo 2, a diabetes que é uma combinação da insulina presente e não funciona tão bem como deveria, com a produção inferior ao normal de insulina;

Hipertensão;

Colesterol e triglicerídeos elevados (a principal forma de gordura armazenada pelo organismo nas células de gordura);

Problemas cardíacos e circulatórios;

Depressão;

Artrite;

Refluxo estomacal ácido;

Apneia do sono.

Nós, agora, temos muitas ferramentas, incluindo formas mais estruturadas de estilo de vida (alimentação saudável, atividade física e medicina comportamental), novos medicamentos e, é claro, procedimentos cirúrgicos bariátricos, seguros e eficazes.

Basicamente, a obesidade, como uma doença complexa, pode ser abordada de muitas formas diferentes e não deve ser conduzida de forma simples, com uma intervenção, mas sim com muitas intervenções ajustadas estrategicamente visando a solução de problemas e necessidades individuais de cada pessoa.

Antes de descrever os benefícios da cirurgia bariátrica, devemos primeiro olhar para o momento adequado a se considerar a cirurgia bariátrica.

De acordo com muitas orientações médicas profissionais, e especialmente considerando a perspectiva da Associação Americana de Endocrinologistas Clínicos (AACE) sobre os cuidados à obesidade.

Aconselhamentos acerca do estilo de vida devem ser iniciados e mantidos para todos os americanos, independentemente do peso ou outros tratamentos, devido à nossa exposição constante a um ambiente que está associado à obesidade.

Dois terços de todos os americanos estão com sobrepeso ou obesos, um número impressionante que não está sendo corrigido quase tão rápido como gostaríamos.

Dependendo da presença e severidade de complicações relacionadas à obesidade, uma pessoa com excesso de peso ou obesidade também pode precisar de medicação ou cirurgia bariátrica. Seu endocrinologista será capaz de guiá-lo através destas decisões.

 

(VÍDEO) Quanto Custa a Cirurgia Bariátrica?

 

>> Então, quais são os benefícios da cirurgia bariátrica?

 

Em primeiro lugar e acima de tudo, não é há perda de peso significativa em muitas pessoas, o que pode ser visto algum tempo após a execução da cirurgia.

A perda de peso após a cirurgia bariátrica é geralmente expressa por uma porcentagem do excesso de peso perdido e, geralmente, varia de 30 a 70 por cento em 10 anos, dependendo do procedimento e outros fatores individuais.

Complicações relacionadas à obesidade são geralmente relacionados ao peso; consequentemente, a perda de peso induzida cirurgicamente pode ser associada com melhorias nestas complicações relacionadas com a obesidade.

De fato, cerca de 3% da perda de peso por meio da mudança no estilo de vida podem ser associadas a uma redução do risco de doenças cardiovasculares e metabólicas. Em comparação, em valores de perda de peso, a cirurgia figura com cerca de 30 por cento.

Tem-se observado redução nos pacientes com diabetes tipo 2 , com relatos tão elevados como de 70% à 90% em pelo menos 1 ano.

À mais curto ou mais longo prazo, é possível o aparecimento de efeitos benéficos sobre o risco doenças cardíacas, que são tão elevados em pessoas com diabetes.

As taxas de redução de 40% à 80% também são vistos quando o assunto é hipertensão, colesterol e/ou triglicerídeos elevados, apneia do sono e depressão.

Apesar do desenvolvimento no tratamento dessas complicações relacionadas à obesidade, muitos outros podem não atingir os mesmos objetivos. Assim, o acompanhamento contínuo com um médico com experiência no tratamento de doentes com obesidade é fortemente recomendado.

Estas visitas de acompanhamento não focam só sobre o exame físico e de medição da pressão sanguínea, alterações de gordura corporal, mas também, exames de sangue para o colesterol, triglicérides, glicemia e eletrólitos, função hepática e renal, contagens de sangue de A1c e, dependendo do procedimento bariátrico específico, testes especializados para nutrientes, função óssea e outros marcadores para possíveis complicações da cirurgia.

No geral, pacientes de cirurgia bariátrica podem viver vidas mais longas e mais saudáveis, mas, novamente, isso baseia-se na devida seleção para a cirurgia, presença de um cirurgião experiente, hospital qualificado e a continuação da prática de um estilo de vida saudável.

É aconselhado, também, o acompanhamento de um endocrinologista, especialista em obesidade pós-operatória, nutrição e cuidados metabólicos.

Do ponto de vista de um endocrinologista, há uma notável onda de interesse em otimizar o cuidado com a obesidade, abrangendo uma melhor educação dos médicos e outros profissionais de saúde, pesquisa científica e ensaios clínicos de novos ou terapias melhoradas, uma maior enfoque na prevenção, e aceleração na utilização de estruturadas intervenções no estilo de vida.

Este é um momento estimulante à todos nós para nos tornarmos mais saudáveis e termos uma maior atenção e cuidado em relação à obesidade e suas consequências.

 

(VÍDEO) ANTES e DEPOIS – 70 kg OFF – 1 Ano de Cirurgia Bariátrica

 

>> GUIA DE CIRURGIA DE PERDA DE PESO

 

A cirurgia gástrica contribui para perda de peso de duas maneiras principais: ou por restrição, em que a cirurgia é usada para limitar fisicamente a quantidade de alimento que um estômago pode armazenar, ou má absorção, onde a cirurgia é usada para encurtar ou parte de desvio do intestino delgado, reduzindo assim a quantidade de calorias e nutrientes que o corpo absorve.

A decisão de fazer uma cirurgia de perda de peso não é fácil, e escolher uma abordagem cirúrgica específica vai exigir uma análise específica e discussão com seu médico.

Aqui estão algumas informações básicas para você começar.

 

>> ROUX-EN-Y GÁSTRICA BYPAS

 

Cirurgia gástrica Roux-en-Y é o tipo mais comum de cirurgia para perda de peso.

Ela combina as abordagens restritivas e de má absorção e pode ser realizada tanto como minimamente invasiva (laparoscópica) ou cirurgia aberta.

Na operação, o cirurgião divide o estômago em duas partes, vedando a parte superior da inferior.

Em seguida o cirurgião liga a parte superior do estômago diretamente à parte inferior do intestino delgado, essencialmente, criando um atalho para a comida, o que evita uma secção do estômago e do intestino delgado.

Ignorando estas partes do sistema digestivo significa que menos calorias são absorvidos para o corpo. Com a cirurgia Roux-en-Y , perda de peso geralmente é rápida e dramática.

Mas, embora este tipo de cirurgia ocasione na rápida perda de peso, também coloca o paciente em risco de deficiências nutricionais significativas, requerendo a inserção de dieta e a necessidade de suplementos para o resto da vida do paciente.

Esse tipo de procedimento cirúrgico, normalmente é considerado irreversível.

 

>> GASTRECTOMIA VERTICAL

 

Gastrectomia vertical é outra forma restritiva de perda de peso cirúrgica.

Na operação, que normalmente é feita com um laparoscópio [colo-AH-rah-Skop], um delgado, câmara tubular utilizada para examinar cavidades corporais durante certos tipos de cirurgia, cerca de 75 por cento do estômago é removido.

O que permanece no estômago é um tubo estreito, que se conecta aos intestinos. gastrectomia vertical é usada frequentemente com pessoas que são muito obesas ou doentes, uma vez que é uma operação mais simples e uma maneira de baixo risco para perder peso.

Pelo fato de os intestinos não serem afetados, uma gastrectomia vertical não afeta a absorção de alimentos, por isso deficiências nutricionais não são um problema.

 

(VÍDEO) 10 Coisas Importantes Que você Precisa Saber Sobre Cirurgia Bariátrica / Redução de Estômago

 

>> BANDA GÁSTRICA AJUSTÁVEL

 

Banda gástrica é um dos tratamentos de perda de peso menos invasivos.

Nesta cirurgia, uma banda inflável é usada para apertar e dividir o estômago em uma bolsa superior menor e uma secção inferior maior.

As duas seções ainda se mantêm conectadas, mas o canal entre eles é muito pequeno, o que retarda o esvaziamento da bolsa superior, restringindo fisicamente a quantidade de alimento que você pode ingerir em uma refeição.

Banda gástrica é mais simples de se realizar, a recuperação é geralmente mais rápida do que outros processos e pode ser revertida através da remoção cirúrgica da banda.

No entanto, a perda de peso de banda gástrica é muitas vezes menor do que a de cirurgia mais invasiva.

 

>> 7 Cirurgia Bariátrica Benefícios Além de ajudar a perder peso

 

O que você deve saber sobre cirurgia bariátrica

Você provavelmente comerá menos se você se sentiu satisfeita depois de comer uma pequena quantidade de comida. É exatamente isso que a cirurgia bariátrica faz e é o por que dela ajudar as pessoas a perderem peso.

A cirurgia bariátrica aumenta a perda de peso em pessoas obesas que não alcançaram o sucesso a longo prazo com outras tentativas de perda de peso. Cirurgia bariátrica reduz a capacidade de armazenamento do estômago, o que limita a ingestão de alimentos e ajuda você a se sentir completo muito mais cedo do que o normal.

Mas há mais de um tipo de cirurgia bariátrica. As opções incluem bypass gástrico, gastrectomia vertical, banda gástrica e plicatura gástrica. Seu médico pode ajudar a determinar se você é um candidato e, em caso afirmativo, qual opção vai funcionar melhor para você.

Se você tem um índice de massa corporal (IMC) de 35 ou mais, isso significa que você provavelmente precisa perder mais de 12 quilos.

Sem fazer alterações, você pode desenvolver sérios problemas de saúde por causa do excesso de peso. Quase todas as pessoas com um IMC de 40 ou mais são candidatos para a cirurgia.

 

>> Ajustes na dieta após a cirurgia bariátrica

 

Com seus estômagos menores, as pessoas que tiveram a cirurgia precisam comer muito devagar e tomar mordidas minúsculas. Um dos ajustes mais difíceis para os pacientes é que eles não podem beber líquidos, enquanto se come.

Os pacientes devem beber seus fluidos, pelo menos, 30 minutos antes ou 30 minutos depois de comer, mas não demora muito para a maioria das pessoas se ajustar.

Aqueles que tiveram a cirurgia também devem tomar vitaminas e suplementos recomendados por um nutricionista que aconselha os pacientes após o procedimento.

 

>> A perda de peso trás um benefício único

 

A cirurgia bariátrica oferece às pessoas a perda de peso significativa e sustentada.

A maioria das pessoas que precisam perder 12 quilos ou mais têm tentado várias vezes perder o peso por conta própria.

Enquanto eles podem ter algum sucesso no início, menos de cinco por cento das pessoas mantêm o peso por cinco anos ou mais.

Na verdade, eles geralmente ganham o peso de volta em menos de um ano.

Perder o peso e ganha-lo de volta não faz nada para mitigar os potenciais problemas de saúde associados à obesidade. Você deve manter o peso fora por um período mínimo de cinco anos e considerar a perda um sucesso que pode resultar em uma vida mais feliz e mais saudável.

 

(VÍDEO) Cirurgia Bariátrica: 10 Pontos Negativos

 

>> Benefícios da perda de peso sustentada através de cirurgia bariátrica incluem:

 

Remissão a longo prazo para o diabetes tipo 2. A cirurgia bariátrica faz remissão a longo prazo da diabetes de difícil controle (tipo 2).

Os resultados deste estudo mostram que o procedimento é altamente eficaz para pacientes obesos com diabetes tipo 2, permitindo que quase todos os pacientes permaneçam livre de medicamentos, insulina e adjuntos, pelo menos, três anos após a cirurgia.

A melhoria da saúde. Cardiovascular A perda de peso através da cirurgia diminui risco de doença cardíaca coronária, acidente vascular cerebral e doença cardíaca periférica.

Os níveis de pressão e colesterol no sangue podem voltar ao normal ou próximo do normal após a cirurgia, reduzindo os riscos e melhorando o bem-estar.

Alívio da depressão. Muitas pessoas obesas se sentem deprimidas por causa da má imagem corporal e do estigma social.

Mesmo as pessoas mais jovens que carregam significativo excesso de peso têm dificuldade em participar de atividades que de outra forma poderiam desfrutar, levando ao isolamento social e a depressão. Perder esse excesso de peso pode melhorar a saúde emocional desses pacientes.

Eliminar a apneia obstrutiva do sono. Alcançar e manter uma faixa de peso normal, muitas vezes permite que as pessoas com apneia do sono parem de usar recursos na hora de dormir.

Alívio da dor nas articulações. Transportando cerca de excesso de peso coloca um monte de estresse sobre as articulações que suportam peso, muitas vezes causando dor crônica e lesões articulares.

A perda de peso significativa e sustentada que ocorre após cirurgia bariátrica alivia o estresse sobre as articulações e muitas vezes permite que as pessoas a parar de usar medicamentos para a dor e desfrutar muito mais da mobilidade.

Melhora a fertilidade. A cirurgia para perda de peso também pode melhorar a fertilidade durante a idade fértil.

Alivia outras condições médicas . A cirurgia pode aliviar a síndrome metabólica, complicações na gravidez, doença da vesícula biliar e muito mais.

Com a obesidade e suas associadas complicações de saúde aumentando em um ritmo alarmante na América, a cirurgia bariátrica certamente representa uma poderosa ferramenta para proporcionar alívio sustentado para as pessoas com excesso de peso.

É importante escolher um local com larga experiência na realização desses procedimentos. A cirurgia bariátrica é muito segura e, quando realizada por uma equipe experiente e conhecedora, vem com menos riscos do que uma cirurgia no joelho, ou bexiga.

As melhores instalações têm uma equipe de especialistas para ajudar a orientar as pessoas através de aconselhamento pré-operatório e dar apoio contínuo depois.

Os pacientes têm a melhor chance de sucesso quando apoiado por uma equipe médica experiente que inclui cirurgiões, médicos de medicina bariátrica, enfermeiros, psicólogos, endocrinologistas, e nutricionistas.

medico-emagecer-mulher-projeto-novo

PERDER PESO DE FORMA SAUDÁVEL »

DICAS DE SAÚDE E BEM ESTAR »

Recomendados para você:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *