17 Sintomas Usados para Diagnosticar o Lúpus (Guia Atualizado)

Tudo sobre os Sintomas Usados para Diagnosticar o Lúpus

Sintomasparadiagnosticarolupus mini

O que é o lúpus?

É uma doença autoimune que pode levar anos para se diagnosticar porque os sintomas podem se disfarçar como outras doenças. Lúpus não é raro, cerca de 1,5 milhões de Brasileiros, a maioria mulheres, são afetados.

Mas o lúpus pode ser diagnosticado como artrite reumatoide ou outra condição. E os sintomas que parecem como lúpus às vezes pode ser devido a um vírus.

Para esclarecer melhor separamos alguns principais sintomas de lúpus se você tem pelo menos 4 destes 11 sinais não necessariamente ao mesmo tempo você pode ser diagnosticada com lúpus.

17 Sintomas Usados para Diagnosticar o Lúpus (Guia Atualizado)

>> Recomendamos para Você:

Erupção borboleta

Uma erupção persistente nas bochechas e nariz, na forma geral de uma borboleta, é muito característico do lúpus. Enquanto cerca de 30 % dos pacientes com lúpus normalmente obtêm esta erupção, ele também pode ser devido a rosácea ou outras condições de pele, e este sintoma por si só não é suficiente para fazer um diagnóstico de lúpus.

 

Erupção desencadeada por Luz Ultravioleta

A exposição à luz solar ou outras fontes de luz ultravioleta (mesmo artificial) pode piorar a erupção borboleta de um paciente com lúpus.

Ela também pode provocar feridas em outras partes do corpo, geralmente em áreas expostas ao sol, e levar a dor nas articulações e fadiga.

Pacientes de pele clara tendem a ser mais afetados. Entretanto a um porem esse sintoma pode ser usado em demasia no diagnóstico. Isso pode causar confusão pois muitas pessoas dizem que são sensíveis ao sol e não procura ajuda

 

Boca ou feridas nasais

Úlceras na boca são um dos sintomas mais comuns do lúpus. Mas o que faz uma úlcera na boca ser sintoma de Lúpus é que ele geralmente vem sem dor.

Em vez de desenvolver nos lados da boca ou língua, estas feridas tipicamente residem no céu da boca. Úlceras relacionadas com lúpus também pode aparecer dentro do nariz.

 

Inchaço nas articulações

Articulações que são vermelha, quente, sensível e inchada pode ser sinal de lúpus. Dor e rigidez por si só não são suficientes; as articulações têm de ser afetada pela artrite isso é sinal cardinal da inflamação.

É importante observar que pelo menos, duas juntas, geralmente menores, tem que ser persistentemente afeta durante pelo menos seis semanas para o sintoma para se qualificar como um dos quatro diagnosticáveis.

 

A inflamação da mucosa do coração ou do pulmão

A inflamação das membranas que envolvem o coração ou pulmões pode ser um sinal de lúpus. Mas ambas as condições são mais comum devido a doenças virais.

Mesmo que a inflamação raramente afeta o funcionamento do coração ou pulmões, pode causar dor aguda no peito, especialmente quando uma pessoa está tossindo ou toma uma respira de forma profunda e pode, ocasionalmente, provocar falta de ar.

 

Anormalidades de urina

Glóbulos microscópicos e proteínas que não são normalmente encontradas em urina podem aparecer em amostras de urina de alguns pacientes com lúpus. Mais uma vez, uma série de outras doenças pode ser encontradas incluindo infecções urinárias e pedras nos rins.

Um rim saudável filtra as proteínas do sangue, pois cria urina. Mas se o rim está inflamado e que não funciona corretamente, pode ser o caso de lúpus, proteínas podem infiltrar-se na urina.

Estas anomalias normalmente não causam sintomas. No entanto, se a perda de proteína é substancial, os pés podem inchar. E se alguém tem progredido para insuficiência renal, ele ou ela pode ter algumas náuseas e fraqueza.

Convulsões ou psicose

Lúpus pode desencadear uma variedade de problemas no cérebro e sistema nervoso, incluindo sintomas inespecíficos como ansiedade, dores de cabeça e problemas de visão.

No entanto, dois sintomas adicionais encabeçam a lista Convulsões e Psicose, que é uma ruptura com a realidade e pode incluir delírios e alucinações.

Para sintomas menos específicos, como dores de cabeça, pode ser difícil de saber realmente se elas são causadas por lúpus, muitas vezes a medicação não faz efeito.

 

Anemia

Anemia, ou um número insuficiente de glóbulos vermelhos em circulação, é muito comum, especialmente nos pacientes com lúpus entre elas principalmente mulheres.

Anemia por deficiência de ferro, por exemplo, está frequentemente presente durante os ciclos menstruais.

Mais especificamente para o lúpus, porém, é uma doença chamada anemia hemolítica. Não é apenas baixa contagem de sangue. A condição é ativamente destruir as células.

 

Discoide

Uma erupção discoide é “bastante clássica” no lúpus. As manchas em forma de disco aparecem em vermelho e geralmente desenvolvem na face, couro cabeludo e pescoço.

E muitas vezes deixam cicatrizes. Embora relativamente comum às erupções cutâneas discoides também pode ficar sozinhas em um diagnóstico de lúpus discoide, um tipo que afeta apenas a pele. O cantor Seal foi diagnosticado com lúpus discoide e tem cicatrizes faciais como resultado.

 

Anticorpo anti-DNA

O anticorpo antinuclear Anticorpo anti-DNA é o teste de inicial de triagem para o lúpus. Se o resultado for negativo você pode quase garantir que o paciente não tem lúpus.

Por outro lado, um resultado positivo é muito menos claro; 90% a 95% das pessoas que têm um teste antinuclear positivo não têm lúpus.

Anticorpo anti-DNA são proteínas produzidas pelo organismo que pode anexar ao DNA e de outras substâncias no interior das células. Mas só porque eles estão presentes no corpo não significa necessariamente que eles vão atacar estas substâncias.

Estes anticorpos são encontrados em pelo menos 5% da população em geral, de forma que há muitas mais pessoas andando com Anticorpo anti-DNA, que são perfeitamente saudáveis ou que tenham alguma doença que não tem nada a ver com lúpus.

 

Outros testes de anticorpos

Para desvendar o que as pessoas com testes positivos Anticorpo anti-DNA realmente tem lúpus, exames de sengue adicional pode ser feito.

Médicos procuram outros anticorpos potencialmente problemáticos, então eles vão testar Anticorpo anti-DNA e anticorpos eritematoso sistêmico.

Estes testes são menos propensos a ser positivo a não ser que o paciente realmente tenha lúpus. No entanto, uma pessoa que tem resultados negativos ainda poderia ter lúpus.

Estes anticorpos confirmatórios são muito críticos para a precisão e a confiabilidade do diagnóstico. A série de testes, combinados com a Anticorpo anti-DNA, normalmente irá fornecer uma resposta bastante confiável.

ATUALIZADO: 24/08/2016 (INFOGRÁFICO)

medico emagecer mulher

>> Recomendamos Para Você:

Recomendados para você:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *